Visão periférica

Vítor Baía
Vítor Baía Antigo internacional

Vencer com brio e orgulho

O FC Porto está a três jornadas de conseguir o título tão desejado por todos e tão merecido pelos adeptos, que têm sido de uma generosidade imensa, ao estarem com a equipa mesmo nos momentos mais difíceis da época, como foi o caso da goleada sofrida com o Liverpool para a Champions ou o recente afastamento da final da Taça de Portugal, na derrota com o Sporting nas grandes penalidades.

Num e noutro caso, e ao contrário do que aconteceu em épocas anteriores, não se pode condenar a falta de atitude e de entrega, porque não faltou nada disso a esta equipa que têm de sobra o orgulho com que os jogadores vestem e defendem a camisola do clube, e os adeptos sabem valorizar estes sentimentos. É um facto que a equipa também puxa por eles com o seu bom futebol.

E assim será hoje na Madeira. Aliás, a manifestação de carinho para com a equipa tanto à partida de Pedras Rubras como à chegada ao Aeroporto Cristiano Ronaldo, no Funchal, já foi uma demonstração do que irá acontecer hoje no Estádio dos Barreiros, um campo normalmente difícil para o FC Porto, onde não vence há seis anos. Este número é apenas um registo que diz bem das dificuldades que o FC Porto costuma sentir naquele palco. Mas, neste caso, acredito que a equipa saberá superar as habituais dificuldades, porque o título está muito próximo e este jogo será, por isso, encarado como uma final. E as finais, como se costuma dizer, são para se ganharem.

Sim, será com certeza um jogo difícil, também porque o Marítimo está ainda na luta pelo quinto lugar. Será mais um fator de dificuldade que o FC Porto terá de vencer e assim calar aqueles que andam a fazer mal ao futebol e que, nesta semana, voltaram a atacar, com uma denúncia anónima sobre uma alegada tentativa de o FC Porto subornar o guarda-redes do Marítimo. O FC Porto há de conquistar este campeonato com brio, com classe e, com muito orgulho, indiferente aos jogos de bastidores, jogos sujos, que não hão de vencer.

O FC Porto está com toda a força para o jogo de hoje, vem de uma vitória bonita sobre o Vitória de Setúbal, com uma entrada fortíssima no jogo capaz de deitar abaixo qualquer adversário, por mais forte que seja. É isso que se espera hoje, que os jogadores saibam escolher os melhores caminhos para ficarem ainda mais perto da conquista do título, que bem merecem. Sérgio Conceição é o treinador da esperança, venceu desconfianças e convenceu os menos convencidos. Também ele merece muito esta vitória.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0