Arbitragem ao Raio X

Marco Ferreira
Marco Ferreira Antigo árbitro

VAR em autodestruição

Nesta jornada assistimos novamente a situações que em nada protegem a introdução do VAR na arbitragem e no futebol português. É inadmissível assistirmos jornada após jornada à ‘destruição’ lenta de um sistema que deveria ser encarado como uma mais-valia para a competição. O mais caricato é que são os próprios agentes desportivos (árbitros), que deviam incentivar, valorizar e credibilizar essa ferramenta, que mais contribuem para a degradação da opinião pública, colocando em causa a própria introdução da tecnologia. Como é possível continuarmos a ver situações de golo com irregularidades e o VAR não informar o árbitro principal da infração, refugiando-se num protocolo onde a palavra mais usada e valorizada é a ‘dúvida’? Assistimos também no mesmo jogo a uma infração clara e inequívoca, onde a decisão do árbitro foi rápida em assinalar penálti. Nessa situação nem era necessário a intervenção do VAR, mas, sem ninguém perceber a razão e qual o fundamento nas leis de jogo, decide dar uma opinião que confunde toda a gente, incluindo o próprio árbitro.

Os árbitros não podem abdicar do direito de verem as imagens no monitor que têm disponível, assumindo, na sua totalidade, a responsabilidade de uma decisão. Temo que o fator classificação na arbitragem está a pesar nas atitudes dos seus agentes desportivos. Neste caso tivemos um internacional a dirigir o jogo e um árbitro sem histórico como VAR. Será que a mentalidade dos árbitros portugueses mudou de um ano para outro, ao ponto de todos confiarem uns nos outros sem qualquer margem de ‘luta’ pela tabela classificativa? A realidade é que no final da época alguém vai ser despromovido em detrimento de outro, e esse pensamento é uma presença constante durante toda a época.

1
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.