Record

Escrevem os leitores

Aves, bem-vindo à Primeira Liga e parabéns a José Mota

Após a jornada deste último fim-de-semana da Ledman Liga Pro, ficámos a três ronda do final da referida liga - que denominei, na passada semana, de longa "maratona", composta por 22 emblemas, não sendo em demasia as muitas equipas que a disputam, para o nível financeiro da maioria, devido ao facto das diversas e longas deslocações que têm que efectuar para disputarem os seus jogos.

A semana passada enalteci a subida do Portimonense Sporting Clube, que saúdo com orgulho, talvez por ter costela de algarvio e após este clube ter estado arredado do primeiro escalão do futebol principal desde da época de 2010/11. Pela mão do "Papa-Subidas" o conceituado técnico Vítor Manuel Oliveira, que pela décima vez promove um clube secundário ao primeiro escalão do futebol. Não tenho, contudo, conhecimento se porventura a nível europeu ou mesmo mundial, se é caso inédito. Fico a aguardar que alguém com mais conhecimentos me dê o tão desejado conhecimento.

Mas, efectivamente, o que me traz hoje é o facto de, após esta jornada 39, temos tido conhecimento de quem acompanha o clube algarvio na subida ao escalão principal do futebol português. E esta subida pertence com todo o mérito ao Clube Desportivo das Aves, que é um clube português, sediado na freguesia da Vila de Aves, concelho de Santo Tirso, fundado a 12 de Novembro de 1930. Que no início da época teve como principais técnicos Ivo Vieira, depois Ulisses Morais e finalmente outro grande técnico, já com feitos devidamente firmados no futebol português, de seu nome José Mota, nascido em Paredes a 25 de Fevereiro de 1964. Que com mais este feito irá enriquecer ainda mais o seu enorme currículo como técnico do futebol português, igualmente com algumas subidas ao escalão principal.

Após dez épocas afastado da primeira divisão, isto é, desde a época de 2006/07, o Clube Desportivo das Aves vai por mérito próprio subir ao escalão maior do futebol nacional, e assim com este resultado, volta, por direito próprio ao convívio do futebol dos "grandes". Irá ser a sua 4.º presença no primeiro escalão do futebol português, tendo tido a sua melhor classificação na época de 1985/96, onde alcançou o 13.º lugar. Na época de 1984/85, sagrou-se campeão nacional da II Divisão.

Finalmente, de referir que desde a época de 1990/91, em que foi instituída a 2ª. Liga, o Clube Desportivo das Aves é o recordista em presenças na referida 2ª. Liga, faltando a três jornadas do final saber quem irá ser o sucessor do FC Porto "B" como campeão.

Deixe o seu comentário