Carta aos franceses

Saudações estimados gauleses.

Daqui escreve um português, como muitos milhões que no próximo dia 10 serão força exterior a puxar por uma nação representada pelos eleitos contra a vossa armada e que acreditam no desfecho mais belo no derradeiro palco deste Euro em Paris.

Tenho ouvido e lido de modo sereno várias insinuações vossas sobre o que a nossa Selecção foi, é e o que pode vir a ser e acho que é tempo de alguém vos dar com elegância a resposta que merecem ouvir.

Escrevo-vos assim para vos contar uma história, não muito longínqua da nossa realidade.
Corria o ano de 2004. Uma equipa anfitriã chegava à final do Euro, munida com o querer e a prepotência de vitória antecipada e com os media já a dar tudo como confirmado antes do jogo, achincalhando aquela "outra" selecção que iria servir apenas de convidado para a festa porque quem recebia o certame era o mais capaz. Eis que o futebol deu um golpe mágico e essa "outra" equipa venceu e subiu ao lugar mais alto. Os tais que não mereciam.

Não meus caros, nós não vamos ser a "vossa" Grécia. Nós vamos ser Portugal.

Vamos ser aqueles feios, porcos e inglórios que chegaram onde vocês chegaram. Somos aqueles que vocês menosprezaram diariamente, que aclamam como os que não têm hipótese, por já terem o rei na barriga.

Não teremos problema algum em ser o vosso carrasco, perante o vosso público, fazer com que desçam à terra do modo que mais dói, estamos prontos para erguer o caneco no vosso próprio quintal. Ah e não se preocupem, não vamos ser baixos e copiar os islandeses no momento da celebração… não há necessidade de ser deselegante.

Chegamos ao mesmo terreno que vocês com suor, sofrimento e alma, coisas muito nossas. Merecemos isto por tudo que passamos. Não nos consideram dignos? Não há problema. Vão perceber que isto não vai ser um passeio e conhecer uma lição que nós já aprendemos. Vão sentir o nosso hino em vossa casa, a vontade de milhões a querer desmesuradamente uma glória para recordar. É bom que estejam preparados como falam.

Domingo tudo acaba. Esperem por nós. Olhos nos olhos decidimos isto onde realmente interessa.

2
Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação desportiva.
  • conteúdo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão epaper do jornal no dia anterior
  • conteúdos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0