Esperámos 18 anos pelo título de campeões europeus hóquei em patins

• Foto: Manuel Azevedo

Foram necessários esperar cerca de 18 anos de completo "jejum", para Portugal voltar a sagrar de novo campeão da Europa de hóquei em patins, ao bater na final a Itália por 6-2, depois das nossas cores nacionais, terem estado em desvantagem ao intervalo por 0-2, e de terem conseguido dar a volta ao resultado e terem virado a marcha do mercador, de uma forma de grande classe, que com garra, determinação, vontade e força dos verdadeiros campeões e com a ajuda dos incansáveis adeptos portugueses, que esgotarem por completo o pavilhão, em todos os jogos em que Portugal jogava e que nunca se cansaram ao longo desta competição de darem o seu apoio, sempre importante, misturado com o cântico…, muito usual neste mês de Julho, o mês dos campeões da Europa…o tão repetido que foi, o já tradicional…"Heróis do mar, nobre povo/Nação valente e imortal/Levantai hoje de novo/O esplendor de Portugal/Entre as brunas da memória/Ó, Pátria, sente-se a voz/Dos teus egrégios avós/Que há-de guiar-te à vitória!

Vitória que nos fugia desde do ano de 1998. Efectivamente é verdade que desde de 1998, que data a última vez que a selecção de Portugal da modalidade de hóquei em patins, se sagrou campeão da Europa quando em Paços de Ferreira, bateu na final a Espanha.

Nesta 52ª Edição do Campeonato da Europa que foi disputado no pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis, com as participações, no Grupo A, composto pela Alemanha; França; Inglaterra e Itália, no Grupo B, composto pela Áustria; Espanha; Portugal e Suíça.

Campeonato da Europa que nas primeiras 12 Edições teve o domínio completo da Inglaterra que de 1926 a 1939, dominou o panorama do hóquei em patins, tendo sofrido um reféns após o aparecimento das selecções de Espanha, Portugal e Itália.
Assim após esta 52ª. Edição, Portugal reforçou o pódio dos vencedores, tendo agora 21 títulos, contra 16 títulos da Espanha; 12 da Inglaterra e finalmente 3 títulos da Itália.

De salientar que este ano de 2016, fica ainda marcado nesta modalidade com a vitória dos clubes portugueses, o SL Benfica na Liga dos Campeões da Europa e na Taça CERS o Óquei Clube de Barcelos.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.