Escrevem os leitores

Grazie Maestro

• Foto: DR

O ano de 2017 já nos trouxe vários adeus de jogadores que nos ficaram na memória como lendas e protagonistas de momentos de futebol que jamais vamos esquecer. O mais recente tem o nome de Andrea Pirlo, o maestro italiano.

Sou um fã de Pirlo, daí talvez me ser complicado compilar em palavras o que era vê-lo em campo. Podia aqui rasgar em elogios cada passe teleguiado para os médios e atacantes do AC Milan, Juventus e Seleção Italiana, podia falar do modo como batia livres como quem bate uma grande penalidade sem guarda-redes ou aqueles golos a dezenas de metros onde a bola entrava sempre "onde dormia a coruja" ... mas tudo isto me parece curto.

Outra qualidade que adorava ver em Pirlo era a tranquilidade em campo. O homem que na manhã da final do Mundial jogou PlayStation sem qualquer pressão e acabou o dia com o troféu nas mãos passeava em campo e fazia do passe a sua melhor arma. Como quem via uma catástrofe e parecia ter a solução, Pirlo ia aparecendo a servir os colegas e a criar linhas (às vezes impossíveis) de passe para os colegas fazerem golo. Se não desse assim o "21" lá tinha num livre directo que condenava os adversários. Toda uma classe em campo, a galgar quilómetros e decidir jogos como quem saboreia um bom vinho por vinhas italianas.

Os anos passam mas Pirlo marca uma era, um modo de jogar. Mesmo na MLS mostrou a sua qualidade e encantou os norte-americanos com passes de régua e esquadro. Num futebol "diferente" o seu toque nunca se alterou e trouxe belas memórias aqueles pontapés de canto a descobrir os centrais para golos e aqueles passes dignos de consola que descobriam Villa na frente dos New York City.

O homem que jogava de fato e gravata e que ainda antes do meio campo orquestrava a equipa para noites de sinfonia de futebol despediu-se dos relvados.

O espetáculo terminou. Obrigado pela magia.
Grazie Maestro.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais