Vitória do Sporting na Taça de Portugal feminina deu dobradinha ao clube de Alvalade

• Foto: Paulo Calado

Mais uma vez o Estádio Nacional, no Vale do Jamor, Oeiras, que teve a sua inauguração no dia 10 de Junho de 1944, foi no domingo ao final da tarde palco de mais uma final da Taça de Portugal. Desta feita realizou-se a final feminina da Prova Rainha, entre o Sporting CP, que se tinha sagrado campeão nacional, e o Sporting Clube de Braga, 2.º classificado do campeonato nacional feminino, que se encontraram numa final inédita. Foi a 14.ª final da Taça de Portugal de futebol feminino, organizada pela Federação Portuguesa de Futebol, que teve o patrocínio da Allianz Seguros.

Frente a frente estiveram as duas grandes equipas, de momento, do futebol português feminino, qualquer delas digna de poder ter vencido esta final. Mas como sempre, só uma podia sair vencedora, e a vencedora desta final da Taça de Portugal foi o campeão nacional Sporting CP, que, sob o comando do técnico Nuno Cristóvão, tinha eliminado o Estoril-Praia na meia-final: na primeira 1.ª mão venceu por 2-0 e repetiu o resultado na 2.ª mão. O Sporting Clube de Braga, sob o comando do técnico João Marques, eliminou na meia-final a Casa do Povo de Martim de Braga: na primeira mão venceu por 8-0, tendo voltado a ganhar na 2.ª mão, agora por 9-0.

Foi uma autêntica propaganda e um enorme impacto em prol da divulgação futebol feminino, que irá pela primeira vez estar presente no EURO-2017, na Holanda, e que foi visto por milhares de espectadores através da transmissão televisiva, através do serviço público da RTP 1, e que teve lugar no Estádio Nacional do Vale do Jamor, com a maior enchente de público, batendo o recorde, tendo estado presentes a assistir a esta final cerca de 13.200 espectadores, que assistiram à vitória do Sporting CP por 2-1, após prolongamento.

Sobre o comando da árbitra internacional da Associação de Futebol de Aveiro, Sandra Bastos, auxiliada por Olga Almeida, Vanessa Gomes e Teresa Oliveira, a citada final não teve casos menos corretos para serem assinalados. De realçar o comportamento exemplar das intervenientes e igualmente do público, que acorreu em grande número.

Deixe o seu comentário

Assinatura Digital Record Premium

Para si, toda a
informação exclusiva
sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Aceder

Pub

Publicidade
apenas 1€ por mês
experimente sem compromisso e garanta o seu lugar na bancada da melhor informação deportiva.
  • conteudo record em qualquer sítio e a toda a hora
  • acesso no pc, tablet e smartphone
  • versão e-paper do jornal no dia anterior
  • conteudos exclusivos para assinantes
  • suplementos especiais

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.