Esports: Onde estão as oportunidades?

A opinião de Ricardo Balbeira

Para aqueles que operam no setor, já não é surpresa quando falamos de esports como sendo o mercado com maior crescimento na indústria do entretenimento. Para estes, já não restam grandes dúvidas sobre o futuro risonho desta indústria, bem como a grande margem existente para o seu crescimento.

Porém, para quem pouco sabe sobre esports, ou teve contacto com esta indústria há pouco tempo, como é o meu caso, parece-me importante dissecar onde estão as grandes oportunidades, quais as necessidades do mercado e como poderemos tirar vantagens destas.

Os mais recentes dados atestam que o mercado mundial de esports movimenta já mil milhões de dólares. Atestam também que continuará a crescer a bom ritmo nos próximos anos e sem sinais de abrandamento. Assim, onde estão as oportunidades nos esports?

Como sabemos, as diferentes marcas estão sempre à procura de formas inovadoras e eficientes de comunicar e interagir com grandes audiências. E é precisamente o esports que pode proporcionar esse canal. Porém, a forma de ativar marcas via esports tem as suas particularidades. Assim, essa ativação deverá ser posta em prática por profissionais que entendam as particularidades, não só do produto, mas também de como a audiência específica dos esports reage a diferentes tipos de ativações.

Uma das grandes oportunidades está exatamente aí: obter instrumentos e competências no âmbito da ativação de marcas via esports, o "esports marketing". O mercado carece de profissionais com formação nesta vertente em particular.

Sabemos também que um dos grandes âmbitos de intervenção desta indústria é a organização de eventos e a produção de conteúdos. Aí, também existem algumas particularidades que exigem competências específicas. Assim, não é de espantar que as empresas procurem profissionais capazes de suprimir estas necessidades, não só pelo facto de se tratar de conhecimento relativamente recente, mas também, porque o crescimento da indústria não está a ser acompanhado pela oferta de profissionais capazes nesta área.

Entendi ainda que os praticantes de esports ao mais alto nível são verdadeiros atletas de alto-rendimento. Como os atletas dos desportos ditos tradicionais, estes praticantes necessitam de estar rodeados de uma equipa multidisciplinar que tratará de suprimir todas as necessidades que este possa vir a ter para que se possa focar apenas na prática. Apesar de estes serem praticantes de alto-rendimento, existem muitas particularidades que os distinguem de praticantes de outras modalidades desportivas.

Mais uma vez, o mercado anseia por profissionais devidamente formados e capazes que possam intervir nessas equipas multidisciplinares focadas no rendimento dos atletas de esports. Faltam também profissionais para gerir estas equipas multidisciplinares, de forma a que estas funcionem de forma harmoniosa atendendo ao propósito para o qual existem: maximizar o rendimento do atleta.

Concluindo, já é claro para mim que a indústria dos esports nos apresenta muitas oportunidades. Na minha área em particular – na que diz respeito à formação e capacitação de profissionais via promoção de formação de especialização – sinto-me na obrigação de alertar que, quem conseguir especializar-se nesta área, neste momento em particular, vai obter uma vantagem competitiva excelente pois irá estar preparado para suprimir muitas das necessidades que o mercado demonstra.

Assim, se é um profissional que tem afinidades com esta área em particular, esta é a altura para investir em formação que o especialize para operar na indústria dos esports.

Ricardo Balbeira
Diretor da Pós-Graduação Esports Marketing & Management da Universidade Europeia

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Gaming

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.