FIFA 17: Agora queixam-se das lesões

Será que o novo patch está amaldiçoado?

Por vezes a comunidade de FIFA comporta-se como um grupo de senhoras idosas que frequenta a missa. Uma espécie de beatas, ávidas de encontrar problemas e culpar os outros por todos os males do mundo, mesmo que não tenham bem a certeza de qual é o pecado... Depois de antagonizar metade do público-alvo do Record Gaming, explico em que me baseio.

A comoção nos fóruns dedicados ao jogo da EA Sports tem sido mais do que muita e os frequentadores destes espaços virtuais têm estado em polvorosa nos últimos dias. Tudo porque, alegadamente, a mais recente atualização do jogo está a provocar mais lesões. Apesar de não existir qualquer tipo de indicação sobre o tema lesões nas notas do patch, muitos acreditam que é mesmo devido a isto que estão a sofrer mais problemas físicos no jogo.

Até pode ser verdade, mas algumas pessoas estão a encarar esta situação como se o Real Madrid se tivesse mudado do Santiago Bernabéu para o Campo Alfredo Marques Augusto, em Moscavide.

"Isto não pode acontecer. Desde que actualizei o jogo tenho lesões em todos os jogos. E sempre no pé", revela um utilizador do Reddit, enquanto outro garante que assim é complicado ter sucesso no futebol virtual: "Antes do patch tinha lesões muito raramente. Agora tenho uma ou duas por jogo. O que estão à espera que conquiste assim?"

Record Gaming ainda não sentiu os efeitos desta "maldição do patch", mas caso seja confrontado com esta nefasta realidade, aqui estará para colocar os pontos nos i’s. Se estão a sofrer deste mal e já esqueceram a comparação com beatas, enviem o vosso comentário sobre este tema para joaoseixas@record.pt.

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Gaming

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0