Riot Games anuncia Beta Aberta de League of Legends: Wild Rift

Arranque marcado para 27 de outubro

A Riot Games, publisher responsável pelo League of Legends, revela hoje o lançamento da Open Beta do League of Legends: Wild Rift, com início a 27 de outubro (Pacific Time) na Indonésia, Japão, Malásia, Filipinas, Singapura, Coreia do Sul e Tailândia, com mais regiões a caminho em 2020 e início de 2021. Todos os jogadores destas regiões terão acesso completo ao Wild Rift, recebendo de braços abertos todos os jogadores que se queiram juntar ou regressar ao universo e comunidade do League of Legends.

Detalhes da Open Beta:

O Michael "Riot Paladin" Chow, produtor executivo do Wild Rift, anuncia vários eventos a caminho dos jogadores atuais e fãs do Wild Rift:

NOVAS LOCALIZAÇÕES: Wild Rift irá expandir-se a novos mercados no decorrer dos próximos meses. Em dezembro: Europa, Médio Oriente, África do Norte, Oceânia, Rússia, Taiwan, Turquia e Vietname – a Riot Games tenciona expandir-se para a as Américas na Primavera de 2021.

NOVO CHAMPION: Num novo patch, que chega no final deste mês, o Wild Rift irá lançar um dos mais populares junglers do League of Legends para PC: Lee Sin, o Monge Cego. Ele continua a ter as suas elevadas habilidades do League PC, com potencial para jogadas imprevisíveis, agora adaptadas com controlos homogéneos adaptados para o telemóvel.

PRÉ-VIZUALIZAÇÕES DE CHAMPIONS – No mesmo patch, a Riot está a testar seis futuros champions que serão inteiramente gratuitos para jogar em outubro: Kai’Sa, Evelynn, Akali, Darius, Draven e, a mais recente popstar do League, Seraphine.

RECOMPENSAS NO JOGO – Na Coreia do Sul e no Japão, os jogadores conseguem efetuar o log in com as suas contas já existentes Riot Games e ganhar recompensas baseadas no seu tempo e valor investido nessas mesmas contas do League of Legends para PC. Para as regiões do Sudeste Asiático que se encontram atualmente na Closed Beta, os jogadores podem criar e associar a sua conta Riot para ganhar recompensas, como champions e skins, no final deste ano.

O CAMINHO ATÉ AO WILD RIFT: Para honrar o legado e história do gaming em cada local da Open Beta, a Riot Games irá lançar conteúdo adaptado localmente, todos os dias até à disponibilização da Open Beta. Destaques de influenciadores, guias e destaques da comunidade irão fornecer aos jogadores tudo o que precisam para se aventurarem no Wild Rift.

K/DA no Wild Rift:

O League of Legends: Wild Rift junta-se ao regresso multijogo das K/DA. As K/DA são um grupo feminino formado pela Riot Games, usando versões temáticas dos champions do jogo online para PC, League of Legends. Inicialmente inspirado pelo K-pop, têm adotado um som mais pop, formando a sua identidade à volta dos champions do League of Legends que compõem o grupo: Ahri, Evelynn, Akali e Kai’Sa. As K/DA lançaram-se a 3 de novembro de 2018 com o seu hit POP/STARS, e linha de skins exclusiva no League of Legends. Desde então, a banda teve o seu regresso oficial dia 27 de agosto de 2020, com o seu pré-single, THE BADDEST, que será uma das cinco músicas do seu próximo EP, ALL OUT. No fim de outubro, os jogadores poderão comprar a K/DA ALL OUT Seraphine por 1325 Wild Cores, e ainda a K/DA ALL OUT Ahri, K/DA ALL OUT Akali, K/DA ALL OUT Evelynn e K/DA ALL OUT Kai'Sa por 990 Wild Cores cada (moeda do Wild Rift).

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Gaming

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.