Stream de Destiny revela história comovente

Quando o Gaming é mais do que um jogo

O mundo do gaming não é só espadeirada e confusão. Há sempre espaço para as histórias mais sérias e comoventes, como esta que agora vos conto. E acreditem que arrepia.

A streamer Lucent_Beam estava a fazer mais uma das suas transmissões do jogo Destiny quando decidiu realizar o Desafio da Torre. Convocou utilizadores de nível baixo para explorar o cenário e lá foi na sua vidinha.

A dada altura, a jogadora encontrou um utilizador que acumulava mais de 600 horas de jogo com três personagens diferentes, mas que raramente interagia com outros jogadores. Como recebeu a indicação de que este utilizador tinha microfone, arriscou no diálogo. E foi nessa altura que percebeu que existem mesmo alturas em que os videojogos são bem mais do que simples diversão.

Tudo porque do outro lado surgiu uma história tão triste quanto verdadeira: "Este jogo, em boa verdade, salvou a minha vida. A minha mulher morreu no Natal de 2014. E o meu filho morreu seis meses depois da minha mulher. Agora tomo conta da minha neta de 11 anos, porque o resto da família já faleceu. Estou reformado e este jogo é o que mantém a minha cabeça limpa. Sinto que, de certa forma, vivo aqui no jogo. Sonho com o jogo. É a minha vida", revelou.

Depois de jogar com este utilizador, Lucent partilhou a história na redes sociais e lançou um desafio à comunidade de Destiny – juntar dinheiro para pagar a inscrição do idoso na GuardianCon, popular evento dedicado aos videojogos. Até agora juntaram 3 mil dólares...

Segue o Record Gaming no Facebook - https://www.facebook.com/RecordGamingPT 

Envia as tuas questões para – joaoseixas@record.pt 


Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Gaming

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.