Comité Olímpico não quer jogos violentos

Alerta deixado pelo presidente Thomas Bach

A excitação em torno da possibilidade dos eSports chegarem aos Jogos Olímpicos foi refreada depois das mais recentes declarações de Thomas Bach, Presidente do Comité Olímpico Internacional. Continuam na ordem do dia e estão a ser devidamente analisados, mas não se pense que à vontade é à vontadinha…

"Queremos promover a não discriminação, a não-violência e a paz entre os povos, algo que não acontece com videojogos em que há violência, explosões e mortes. Se alguém está a competir em partidas de futebol ou a jogar outras modalidades de forma virtual, isso é de grande interesse. Esperamos que esses jogadores tenham um desempenho desportivo. Se os fãs, no final, praticassem estes desportos no mundo real, seríamos mais felizes", revelou o dirigente.

Ou seja, o caminho parece estar mais aberto para jogos como FIFA e PES e bem mais apertado para os habituais Counter-Strike, Dota 2, League of Legends, Hearthstone, Overwatch, Heroes of the Storm ou Paladins.

Para mais conteúdos de FIFA, PES e muitos outros videojogos, segue o Rei do Gaming e subscreve:

Facebook - https://www.facebook.com/JoaoTheKingSeixas/  
Twitter - https://twitter.com/Rei_do_Gaming  
Instagram - https://www.instagram.com/reidogaming/  
Twitch - https://www.twitch.tv/rei_do_gaming  
YouTube - https://www.youtube.com/user/JornalRecord  
Blog - https://reidogaming.blogspot.pt/  
Email – reidogaming@gmail.com ou joaoseixas@record.p t
Record Gaming - https://www.facebook.com/RecordGamingPT 

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de e-Sports

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.