Patrícia Mamona: A rainha dos saltos

É bonita, elegante, simpática e uma atleta... incrível!

• Foto: Bruno Colaço

É bonita, elegante, simpática e uma atleta... incrível! Patrícia Mamona tem 28 anos, nasceu em Lisboa e desde cedo percebeu que o desporto era a sua grande paixão. Aos 13 começou a representar o Juventude Operário do Monte Abraão, clube pelo qual conquistou inúmeros títulos nacionais, e a partir daí nunca mais parou. Nem em 2008 quando foi estudar para fora do país. Medicina era o curso dos seus sonhos, mas era muito difícil conciliar em Portugal as aulas com os treinos. Então recebeu uma bolsa e foi estudar na Universidade de Clemson, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Começou a competir no circuito universitário americano. No entanto, viajava com frequência para o nosso país para participar nas principais provas. Dois anos depois de começar a aventura num continente diferente, Patrícia Mamona tornou-se na primeira portuguesa a ultrapassar a barreira dos 14 metros durante a fase final dos NCAA, uma das mais importantes competições dos EUA. Nas pistas de atletismo dava (muito!) nas vistas, até que no final de 2010 assinou com o Sporting, clube que representa até aos dias de hoje. Logo na primeira época estabeleceu um novo recorde nacional do triplo-salto (14,42 metros), durante a participação nos Campeonatos de Portugal, onde foi novamente campeã, feito que repetiu nas cinco épocas seguintes. Seguiram-se mais títulos, mais provas, mais desafios. E, em 2016, foi uma das portuguesas em destaque nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, onde estabeleceu um novo máximo nacional de 14,65 metros, ficando no 6.º lugar do triplo-salto. Além da carreira desportiva, destaca-se na televisão. Tem a rubrica ‘Salto alto’,no ‘Fama show’, da SIC. A verdade é que Patrícia dá saltos (poderosos!) em várias direções...

Moda, beleza e elegância

Já foi apelidada de "princesa das pistas de atletismo". Bonita e elegante, tem merecido os mais diversos convites para ser capa em revistas de moda ou desfilar nas passarelas. Chegou à televisão no programa "Fama show" da SIC, sendo a autora da rubrica "Salto alto", onde entrevista outros atletas.

Uma estudante empenhada

Com 17 anos, ganhou uma bolsa e foi estudar medicina na Universidade de Clemson, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

No leão para crescer

Está no Sporting desde 2011, depois de começar no JOMA. "Tinha de melhorar e isso exigia mais apoios e condições, algo que o Sporting tinha condições de me dar", explicou.

Salto de sonho

Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, estabeleceu um novo recorde nacional do triplo-salto, com a marca de 14,65 metros. Só falhou a medalha (foi 6ª).

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Record mais

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.