Correr com a Liberdade entre a cidade e a ria

Em Aveiro, o 25 de Abril foi assinalado com uma meia-maratona que juntou cerca de 500 participantes

• Foto: Hugo Monteiro

Com água a perder de vista, por entre salinas e os canais citadinos da Ria de Aveiro, e temperada com o doce sabor da liberdade do feriado do 25 de Abril, realizou-se ontem a terceira edição da corrida que vai buscar o nome ao maior ex-líbris natural da cidade de Aveiro. A Meia-Maratona da Ria, a segunda prova da Liga Allianz Running by Record foi vencida por Tiago Pinho, do ACR Vale de Cambra no sector masculino, e por Paula Rios do EDV Viana Trail na vertente feminina.

Com cerca de meio milhar de participantes nas duas componentes competitivas disponibilizadas – a meia-maratona tradicional e a mesma distância por estafetas de equipas de dois elementos – a prova foi brindada com sol e calor, mas também algum vento, presença habitual na ‘Veneza de Portugal’.

Comparativamente com as edições anteriores, conforme confidenciou Nuno Tróia, um dos responsáveis pela organização do evento, foram feitos alguns ajustes no traçado da prova que começou e terminou na zona do Cais da Fonte Nova, com o objetivo de o tornar mais apelativo e agregador de público na cidade.

"Quem veio vai voltar"

"Temos a vantagem de esta ser uma zona muito plana, o que costuma permitir que os atletas façam bons tempos, mas este ano alterámos um pouco o percurso para o tornar mais atrativo, trazendo-o para uma zona mais central da cidade, com passagem na universidade, por exemplo, de forma a chamar também mais gente à rua para aplaudir os atletas", declarou Nuno Tróia.

O mesmo responsável elogiou ainda a parceria "fantástica" que este ano foi feita com a Liga Allianz Running by Record – com "a expectativa de melhorar a qualidade da prova" – e que, acredita, servirá para "promover uma região que tem uma beleza natural e uma gastronomia fabulosas". "Temos a certeza de que quem veio cá hoje [ontem] vai querer voltar", orgulhava-se.

No final, Nuno Tróia lamentava apenas o erro que impossibilitou que se realizasse de forma eficaz o primeiro abastecimento – perto dos 5 quilómetros -, situação que afetou alguns atletas, principalmente pelo calor que se fez sentir na manhã de ontem. "Tirando esse percalço, correu tudo de forma perfeita", garantiu.

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias