Garmin anuncia regresso gradual após ataque da semana passada

Utilizadores ficaram sem acesso às plataformas online durante vários dias

A semana passada não foi particularmente fácil para a Garmin. Tudo começou na quinta-feira, quando um ataque informático deixou os sistemas da marca totalmente afetados, levando a que milhões de utilizadores um pouco por todo o Mundo ficassem sem possibilidade de sincronizar os seus dados ou proceder a atualizações dos seus produtos, mas também afetou o próprio funcionamento da marca, que ficou sem serviço de suporte ao cliente.

O problema foi-se arrastando, falou-se numa tentativa de extorsão por parte de um grupo de hackers russo na ordem dos 10 milhões de dólares e agora, quatro dias volvidos, a marca finalmente se pronunciou. Numa nota enviada à imprensa, a Garmin confirma o ciberataque, mas assegura não ter qualquer indicação de que "quaisquer dados de clientes, incluindo informações de pagamento do Garmin Pay, tenham sido acedidos, perdidos ou roubados".

"Os sistemas afetados estão a ser restaurados e esperamos retomar a operação normal nos próximos dias", refere a Garmin, numa nota na qual assume a possibilidade de existirem atrasos no restauro dos dados, especialmente devido à enorme quantidade de atividades que terão de ser carregadas de uma só vez.

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.