Hoka One One Carbon X: O ritmo que faz toda a diferença

A análise ao modelo com placa de fibra de carbono da marca francesa

Correr com uma placa de fibra de carbono na meia-sola é efetivamente uma experiência diferente. A sensação distinta está lá, mas para estes modelos resultarem é preciso dar corda aos sapatos e ter um ritmo adequado para tal, caso contrário será não mais do que enganarmo-nos com a ideia errada de que são as sapatilhas que correm por nós.

Essa foi mesmo uma das conclusões que tirámos do teste feito às Carbon X da Hoka One One, o primeiro modelo da marca francesa a seguir a tendência cada vez mais recorrente de ‘artilhar’ sapatilhas com uma placa intermédia com a promessa de ajudar a correr mais e melhor. A promessa é cumprida, mas a verdade é que estas sapatilhas, que andam na fronteira entre competição e treino diário, apenas respondem nesse ‘campeonato’ quando as puxamos a ritmos certos. Se quisermos rodar com elas, nada nos impede de o fazer, até porque o amortecimento está lá para nos ajudar nesses dias mais calmos, mas é a correr rápido que as ‘esprememos’ da melhor forma. E aí, sim, podemos voar.

A zona superior

Comecemos a análise pela zona superior, o chamado 'upper'. A primeira impressão que temos é que a malha aqui colocada é de elevada respirabilidade e com um conforto bem interessante, mercê da aposta da Hoka One One em utilizar um material leve e fino, que para lá de permitir poupar no peso global dá também a tal sensação de comodidade.

O antes e o depois do 'problema'
Ainda assim, mal as calçámos percebemos que havia algo que poderia causar alguns problemas. Pelo menos a nós... É que, de forma a permitir manter o pé bem sujeito à sapatilha, a marca francesa apostou na colocação de uma espécie de tira a unir a língua à meia-sola, algo que no nosso caso acabou por provocar desde logo uma bolha bem 'chata' - fruto da fricção constante enquanto íamos correndo. Ainda assim, diga-se, a situação foi rapidamente resolvida com o recurso a uma tesoura (bastou cortar aquele pedaço de malha e... voilá!). E a verdade é que, mesmo sem aquele 'acessório', a nossa corrida sempre se mostrou segura e confortável. Basicamente, apesar do cuidado da Hoka One One em tentar promover uma maior segurança, certo é que aquele recurso era mesmo desnecessário.

Superado esse percalço inicial, as Carbon X revelaram-se tudo aquilo que esperávamos. Confortáveis, cómodas, seguras e respiráveis, sem provocar qualquer tipo de problema adicional nos nossos pés, até porque, apesar de serem construídas com uma poupança clara nos 'adornos', contam com uma pequena mas eficiente dose de materal acolchoado na zona do calcanhar e também linhas de estrutura, o que nos ajuda a ter um pouco mais de estabilidade. E já que falamos no calcanhar, como vem sendo hábito a Hoka One One decidiu manter a sua ligação ao triatlo e deixou aqui a já habitual alça para ajudar a calçar de forma mais eficiente. Tudo a pensar naqueles corredores mais apressados...

A sensação de corrida

Correr rápido é essencial
E como é correr com as Carbon X? Bem, conforme dissemos acima, apenas percebemos que temos algo diferente nos pés quanto as levamos a ritmos mais exigentes, nos quais a nossa postura e pisada de corrida é (ou deve ser) mais eficaz e limpa. Aí, colocando o pé da forma correta, sentimos efetivamente que vamos sendo empurrados para a frente com a ajuda da tal placa de fibra de carbono. No nosso caso, sentimos que nos era menos difícil correr próximo de 4'00/km do que com o uso de um modelo normal, já que o retorno de energia era superior e, por isso, a poupança era também maior.

A juntar a tudo isto, apesar de não ser um modelo de amortecimento, notámos também que esta meia-sola nos dá uma dose de amortecimento QB para as levarmos a treinos algo mais longos sem nos sentirmos ameaçados na nossa integridade física. Aliás, a primeira exibição em grande deste modelo foi num teste bem longo, quando Jim Walmsley bateu o recorde mundial das 50 milhas (ainda dobrou essa distância mas sem recorde do Mundo) no ano passado. Ainda assim, há que advertir que corredores mais pesados ou com uma postura de corrida menos correta não devem arriscar em demasia...

Falando agora em questões mais técnicas, de notar que nesta meia-sola está colocada a espuma PROFLY X, o composto especialmente criado pela Hoka One One para os seus modelos de cariz competitivo, a qual é responsável por dar conforto, estabilidade e responsividade à nossa corrida. E depois há a tal placa de fibra de carbono, que pela sua curvatura (aliada também ao próprio formato da sapatilha) nos dá um extra de velocidade e responsividade a cada vez que aplicamos o pé no chão.

Durabilidade

Sola parece ser razoavelmente durável
Esta será, muito provavelmente, a maior incógnita em torno deste modelo. É que, como se sabe, as sapatilhas de competição não têm fama de ser lá muito duráveis, mas também sabemos que a Hoka One One tem lançado produtos que, regra geral, convencem os mais exigentes no que ao gasto das solas diz respeito. Quanto a estas Carbon X, é certo que o nosso uso ainda foi algo curto (cerca de 150 quilómetros), mas a verdade é que por agora não vemos sinais alarmantes de desgaste. E esse é um bom ponto de partida, claro está...

Rivais das 'bombas' da Nike?

A Nike lançou a 'moda' e a Hoka One One foi uma das primeiras marcas a seguir a tendência, mas a verdade é que estas Carbon X não se podem considerar como concorrência direta aos modelos da marca norte-americana. Não por falta de qualidade, porque como devem ter percebido ela está lá, mas sim porque os propósitos de ambas são distintos. Enquanto tanto as Vaporfly 4% como as Next% são claramente modelos voltados somente para competição, as Carbon X não se ficam por aí e até podem ser utilizadas em treinos rápidos, sem que isso acabe por condenar a durabilidade da sapatilha.

Ficha técnica

Peso: 247g (masculino), 204g (feminino)
Drop: 5mm (32/27M; 30/25F)
Preço de lançamento: 180 euros
Tipo de pisada: neutra
Ideal para: treinos e provas rápidas (até maratona na maior parte dos corredores)

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0