Insólito: atleta de topo queniano foge de agentes antidoping

Situação foi revelada por um elemento da agência nacional

Poucos dias depois do caso a envolver Wilson Kipsang, o atletismo queniano voltou esta semana a ser abalado por mais uma polémica a envolver questões de doping e esta com contornos algo caricatos. A situação em causa sucedeu nos últimos dias em Kapsabet, na zona Oeste do país, onde um atleta se colocou em fuga (a correr...) assim que os elementos da Agência Antidoping queniana chegaram ao centro de treinos onde trabalhava.

A história foi esta quinta-feira partilhada por Barnaba Korir, membro do Comité Executivo do organismo, em declarações à Reuters. "Assim que os agentes se apresentaram e explicaram por que estavam a visitar o centro de treinos, um dos atletas desatou a correr em fuga. E não importa o quão rápido tenha fugido ou quão longe vá, não conseguirá escapar das pesadas medidas que lhe serão aplicadas", prometeu Korir, que mesmo assim optou por não revelar a identidade do corredor em que estão. "É um atleta bastante conhecido", limitou-se a dizer.

Refira-se que o doping tem sido um dos grandes problemas dos últimos tempos no Quénia, com vários atletas a ser apanhados em controlos positivos ou então a falharem na obrigatória divulgação da sua localização em determinada altura. A situação atingiu contornos de tal forma graves que o governo até prometeu impor medidas penais - incluíndo penas de prisão - para quem for apanhado com doping.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.