Jessica Augusto reforça elite da Meia Maratona de Lisboa

Organização divulgou a lista de final dos atletas da prova de domingo

• Foto: Fernando Ferreira

A organização da Maratona de Lisboa anunciou esta sexta-feira, numa conferência de imprensa realizada na capital, a lista final dos atletas inscritos tanto na maratona como na meia maratona, nas quais se destacam algumas novidades. A começar desde logo por Jessica Augusto, que de olho na Maratona de Valencia irá integerar a Luso Meia Maratona de Lisboa na sua preparação.

Oitava colocada na Meia Maratona de março, com 1:13:07 horas, a atleta do Sporting procura uma boa marca que reforce a sua confiança tendo em vista a prova espanhola, onde irá procurar um tempo que lhe permita entrada no lote de atletas com registo para Tóquio'2020. Este ano, refira-se, Jessica Augusto já participou numa maratona, em Hamburgo, ainda que tenha desistido no decurso da prova. Para lá da atleta do Sporting, na meia maratona estará presente a também leonina Sara Catarina Ribeiro, assim como Cátia Santos e Susana Francisco.

No elenco masculino a representação lusa de elite passa essencialmente por Hermano Ferreira e Eduardo Mbengani, do Sporting, isto numa prova na qual o queniano Jorum Okombo (58.48 minutos de recorde pessoal) irá partir em busca de um novo máximo do percurso lisboeta, fixado no ano passado pelo marroquino Mustapha El Aziz (1:00.13 horas).

Maratona de olho no recorde

Quanto à prova principal do programa, destaque para o enorme contingente africano, onde se realça o queniano Stephen Chemlany, com um recorde pessoal de 2:06:24, isto para lá de Samuel Wanjiku, com 2:07:04. Um duo que entra em prova com a ambição clara que bater o melhor tempo do percurso lisboeta, fixado em 2:08.21. Nos portugueses, Henrique da Costa é o atleta com melhor marca em prova (2:29:48), isto para lá de Rui Teixeira (1:03:16 na meia maratona) e Henrique Pires (1:17:32 na meia maratona).

Quanto às senhoras, a etíope Fatuma Sado, vencedora da última edição da maratona de Osaka, é a atleta com melhor marca pessoal (2:24.16), e deverá contar com a concorrência de compatriota Eschase Dalasa (2:26.27) e da queniana Truphena Chepchirchir (2:28.11). No plano nacional, sem nomes de topo, a atleta com melhor marca é Rosa Madureira, com 2:43:14, ao passo Jessica Pontes, com 1:19:51 de recorde à meia maratona, irá estrear-se na distância.

25 mil a correr na capital

Ao todo, de acordo com os dados divulgados por Carlos Móia, presidente do Maratona Clube de Portugal, serão 25 mil os corredores que este fim de semana se desafiarão nas mais diversas distâncias do programa do evento. A maior fatia será para a Meia Maratona, com 8.500 atletas, logo seguida pela Maratona, com 6 mil. Números que Móia destaca como muito positivos, assim como o de mulheres, que atualmente se cifra nos 40% (na primeira edição era de apenas 5%). De resto, o líder da organização da prova enaltece ainda o facto de 62% dos inscritos na Maratona serem estrangeiros.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.