Mais de 100 mil corredores participaram em maratona virtual em estafetas

Geoffrey Kamworor foi o mais rápido, ao fazer 30:08

O tempo era o menos importante, mas mesmo assim os atletas de elite, cada um no seu canto do planeta, decidiram puxar dos galões e mostrar que andam em forma apesar da paragem devido à pandemia Covid-19. Tudo à boleia de uma iniciativa organizada em conjunto entre a marca de bebidas energéticas Maurten, a NN Running Team e a plataforma Strava, que consistia em durante dois dias fazer uma maratona em estafetas de quatro elementos. No total, feitas as contas, participaram no evento mais de cem mil corredores, num total de 828 mil quilómetros.

Conforme dissemos, o tempo era o menos importante, mas nisto da corrida há sempre competitividade e houve um atleta que se mostrou acima de todos. Tal como na estrada. Geoffrey Kamworor, o recordista mundial da meia maratona, foi aquele que melhor tempo alcançou, fazendo os 10,5 quilómetros em 30:08 minutos, a um 'pace' médio de 2:51/km. Um registo brutal, mas que mesmo assim parece longe do melhor do queniano, que fez o seu recorde na meia maratona a 2:45/km. Ainda assim, não esquecer que este desafio foi feito em altitude, em Eldoret, a mais de dois mil metros.

Quanto às restantes super estrelas, Eliud Kipchoge parece ter tirado o dia para fazer um 'jogging' mais rápido, já que concluiu os 10,5 quilómetros em 31:28, a 3:00/km - também em Eldoret. Também no Quénia, Julien Wanders foi o sexto mais rápido entre todos, com 30:17, superando os registos de outros craques do atletismo, como Joshua Cheptegei (31:58) ou Kenenisa Bekele (32:57). Quem também se juntou foi Kilian Jornet, com 32:25.

Quanto aos corredores portugueses, participaram 465 segundo os dados revelados pelo Strava.

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.