Maratona de Valência cancelada devido ao coronavírus

Era a última grande prova do ano a resistir à 'razia' de cancelamentos

A organização da Maratona de Valência anunciou esta segunda-feira a decisão menos desejada, mas que ao mesmo tempo era a esperada. A edição de 2020 de uma das mais importantes provas do Mundo, que este ano celebrava o seu 40.º aniversário, foi cancelada devido a toda a conjuntura atual provocada pelo coronavírus. Era a última grande prova que resistia à verdadeira 'razia' de cancelamentos que assola o mundo da corrida desde março deste ano...

Segundo o comunicado apresentado, a organização do evento trabalhou a fundo para tentar encontrar uma solução segura para levar a cabo a prova, mas "a evolução da situação de saúde por conta da Covid-19 e a incerteza quanto ao futuro próximo" obrigou a avançar para este cancelamento.

Para os que estavam inscritos (30 mil, 300 deles portugueses), a organização dá quatro opções, que passam pela mudança da inscrição para a edição do próximo ano, a realizar-se a 5 de dezembro; solicitar a devolução integral do valor pago; renunciar do valor pago, garantindo inscrição preferencial na primeira fase de venda para 2021; ou participar de forma virtual na maratona, correndo-a em qualquer parte do Mundo, recebendo na sua morada uma camisola técnica oficial e a medalha desta edoção.

Olhos postos em 2021

Naturalmente desapontados pela decisão que tiveram de tomar, os organizadores e a autoridades camarárias valencianas asseguraram que tudo tentaram para levar a prova para diante e que, agora não é possível, o foco passa por tornar 2021 num ano inesquecível. "É uma paragem obrigatória, mas vamos trabalhar para que o próximo ano tenha tudo aquilo que queríamos neste e ainda algo mais", prometeu Paco Borao, diretor da prova e presidente da SD Correcaminos.

Pelo lado camarária, a conselheira Pilar Bernabé assegurou que foi feito um trabalho "até ao último dia, tentando ao máximo que as circunstâncias fossem outras". "Infelizmente não foi possível e entendemos que a prova popular deve suspender-se, ams o desporto tem valores fundamentais como a superação e agora é a altura em que mais juntos temos de estar para superar esta pandemia", frisou.

Por saber fica apenas a questão de uma eventual prova de elite para o dia em que estava prevista a prova popular. Com Londres a seguir essa via, num evento privado, é provável que Valência siga o mesmo caminho, mas ainda não há confirmação oficial desse cenário, até porque há várias situações ainda a ponderar, nomeadamente o percurso e o limite do número de atletas.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.