Meia maratona em Inglaterra com mais de seis mil atletas presentes apesar do coronavírus

Em Liverpool houve também uma corrida com a presença de mais de dois mil corredores

Com o planeta a braços com uma situação de crise que tem levado à suspensão e cancelamento de praticamente todos os eventos desportivos, de Inglaterra chega a notícia de que este domingo se realizaram duas corridas com presença em massa de pessoas... como se nada fosse.

Uma delas, a Meia Maratona de Bath, reuniu mais de seis mil corredores, que nem em face da situação de emergência de saúde global deixaram de sair às ruas para fazer algo que, para todos os efeitos, não é essencial para a sua sobrevivência. A situação motivou naturais críticas nas redes sociais da prova, com milhares de comentários a questionarem a decisão da organização em avançar com o evento.

Em defesa, o diretor da prova, realizada numa cidade do Oeste do país, a 180 quilómetros de Londres, revelou que não recebeu qualquer indicação em contrário e que, para mais, as entidades de saúde até consideraram o "evento como sendo de risco baixo, pelo que não havia razões para ser cancelado". "Somos uma organização local, que apenas tem de seguir as indicações das autoridades. Teríamos sido negligentes se não o tivéssemos feito", declarou Andrew Taylor, que relatou ainda episódios de ameaças e insultos para com elementos do staff e também corredores.

"Reconheço e respeito a ansiedade das pessoas em torno disto, mas enquanto organizador não estou em posição de aceitar isto. As redes sociais mudaram tudo. A forma como trataram o meu staff e os corredores foi algo completamente inaceitável. As pessoas começaram a insultar os corredores, houve até ameaças de violência. Ativistas tentaram até atropelar corredores para que a corrida fosse suspensa. Se queriam que a mesma fosse suspensa de forma legal, tinham ido à Câmara e pediam para nos tirarem a licença, ao invés de passar com um carro por uma via na qual estão famílias e crianças", acrescentou.

Para além da 'meia' de Bath, também em Liverpool se correu este sábado uma meia maratona, neste caso com cerca de 2.500 corredores. Tal como no caso da prova de Bath, a organização revelou não ter recebido qualquer indicação das autoridades de saúde para que a corrida fosse cancelada, assumindo que foram apenas tomadas medidas de prevenção adicionais para impedir a propagação do vírus.

Por Fábio Lima
3
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0