Será esta a resposta (definitiva) da Adidas às Vaporfly da Nike?

Modelo foi apresentado por vários corredores em Houston no último fim de semana

Os rumores mais recentes apontam para uma nova regulamentação da World Athletics que visará a proibição de sapatilhas com uma grossura de meia-sola 'exagerada', mas a Adidas parece estar a tentar precaver-se para todos os cenários e no último fim de semana apresentou na Meia Maratona de Houston um novo modelo que deverá ser a resposta aos conceituados e bem sucedidos (e polémicos) Nike Vaporfly 4% e Next%.

O modelo em causa ainda não tem nome nem sequer apresenta um símbolo vísivel da Adidas, mas destaca-se dos demais pela sua 'generosa' meia-sola, similar ou até mais grossa do que a apresentada nos modelos da Nike. E se dúvidas houvesse quanto à marca das sapatilhas, todos os atletas que as usaram são patrocinados pela marca alemã e na zona da sola é bem clara a presença do símbolo da Continental, marca de pneus que colabora há vários anos com a Adidas.

Quanto aos resultados, bem... pouco mudou. Os três atletas do pódio da Meia Maratona de Houston utilizavam todos modelos da Nike, com os primeiros Adidas a utilizar este protótipo a serem Philemon Kiplimo (59:28) e Abel Kipchumba (59:35). Ainda assim, há a notar o facto de o primeiro ter melhorado o seu tempo à 'meia' em meio minuto (o segundo ficou a 6 segundos do seu recorde).

Mais modelos 'kitados'...

No meio de todas as inovações que vão sendo apresentadas, continua também a haver atletas da Adidas que escolhem 'kitar' as suas sapatilhas (tal como fizeram Lemawork Ketema ou Herpassa Negasa). Como o caso da etíope Sifan Melaku Demise, vencedora da recente Meia Maratona de Bangsaen, na Tailândia, levando nos pés um modelo com 'upper' da Adidas e meia-sola... da Nike. As imagens são claras e mostram uma zona do calcanhar igual à das Next%, o que denuncia claramente o trabalho feito para camuflar o 'truque'. Uma artimanha que a ajudou a triunfar na prova tailandesa com 1:12:33 horas.

De notar que este modelo que Demise decidiu 'kitar' ainda nem sequer foi lançado no mercado, sendo por agora apenas utilizado por atletas profissionais e patrocinados pela marca (Mary Keitany utilizou-o na Maratona de Nova Iorque, por exemplo).

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.