Tempo, distância e raio de ação: governo francês impõe limites para o 'running'

Primeiro ministro Edouard Philippe lançou as regras em declaração ao país

• Foto: Getty Images

Tal como em Portugal, onde o decreto que ditou o Estado de Emergência não é claro quanto ao tempo que é permitido aos cidadãos passar fora de casa para fins de atividade física e/ou momentos de lazer, em França a situação também deu que falar e motivou mesmo uma posição oficial por parte do primeiro ministro Edouard Philippe. Na segunda-feira, numa comunicação ao país na TF1, o chefe de governo determinou todos os limites e pediu para que os mesmos sejam cumpridos por toda a população.

"As saídas de casa para passear as crianças ou para atividades desportivas devem ser feitas no raio de um quilómetro desde a vossa casa, no máximo por uma hora. Obviamente sem ser em grupo e apenas uma vez por dia", clarificou Edouard Philippe.

De notar que para saírem de casa os cidadãos franceses devem colocar no formulário que lhes foi entregue a hora de saída sempre que o façam, de forma a que as forças da autoridade possam verificar se tudo está dentro da lei. Caso não tenham o papel preenchido e/ou estejam na rua há mais do que uma hora serão de imediato multados em 135 euros. Caso seja reincidente, o cidadão infrator será multado primeiro em 1.500€, subindo depois da coima até um máximo de 3.000€ caso volte a repetir. A violação das regras poderá levar mesmo a uma pena de prisão de seis meses caso a infração seja cometida por mais de três vezes no espaço de 30 dias.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.