Vai ser possível correr a Meia Maratona de Lisboa por causas solidárias

Superhalfs associaram-se à plataforma RealBuzz

A organização das SuperHalfs anunciou esta quarta-feira ter chegado a acordo com a plataforma realbuzz para a assinatura de uma parceria que permitirá, entre outras novas funcionalidades, aos interessados correr qualquer uma das cinco meias maratonas do circuito por causas solidárias. Essa será mesmo uma das grandes novidades para a edição deste ano da prova lisboeta, que pela primeira vez na história reservará uma percentagem do número de inscritos para quem esteja interessado em angariar fundos para as várias instituições que se associaram ao projeto.

Para lá da possibilidade de inscrição através de dorsal solidário, a nova plataforma (acessível através do site oficial do circuito) permitirá a aquisição de um passe para participar nas cinco provas do circuito, o chamado passe "SuperHalfs", mas também o acesso a conteúdos exclusivos, que vão desde artigos sobre treino, nutrição, saúde ou condição física.

Uma novidade que mereceu a aprovação de Carlos Moia. "Esta parceria vem materializar um dos nossos desejos de dar aos atletas a opção de participarem contribuíndo por uma causa solidária. Na verdade, correr por uma causa já é muito comum lá fora. As provas de referência internacional já contemplam esta opção há muitos anos. Penso que é uma excelente novidade, é uma ótima maneira de motivar quem quer muito terminar a prova. E além disso, na iminência de esgotarmos em breve… pode ser uma boa solução para quem ainda procura inscrição na edição comemorativa dos 30 anos", declarou o presidente do Maratona Clube de Portugal.

Lembre-se que as SuperHalfs contemplam cinco das meias maratonas mais importantes da Europa, tendo o seu início marcado já para 22 de março, com a realização da de Lisboa. Seguem-se depois passagens por Praga, Cardiff e Copenhaga, antes do final marcado para Valência. Assim que completem a primeira prova, os corredores terão 36 meses (três anos) para completarem todo o circuito e terem direito a receber a Super Medalha e entrar ainda na "Wall of Fame" do circuito.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Record Running

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.