Garmin Forerunner 645 Music: Um relógio de topo que agora lhe dá música

Gosta de treinar ao som de música, mas ter de transportar o telemóvel numa bolsa no seu braço não lhe parece a solução mais adequada? Gosta de ouvir música enquanto corre, mas não quer ter de carregar consigo o peso extra para lá do relógio? Ou gosta de estar totalmente incontactável nestes momentos de exercício? Pois bem, saiba que a Garmin decidiu atender a essa 'problemática' e, pela primeira vez, lançou um modelo capaz de lhe dar música enquanto faz as suas atividades.

Estamos a falar do Garmin Forerunner 645 Music, o modelo que representa a entrada da Garmin num segmento (relógios com música integrada) no qual já algumas das suas concorrentes já marcavam presença. A entrada da Garmin foi tardia, mas feita em grande estilo.

No novo Forerunner poderá colocar cerca de 500 músicas - através do programa Garmin Express -, as quais poderá ouvir à distância de auriculares Bluetooth (que terá de comprar de forma separada). A interface é simples e não tem que enganar. Tudo isto apenas com o recurso aos botões do seu relógio. Simples, não é? O Forerunner 645 Music permite igualmente ligação a serviços de stream de música, mas nenhum deles disponível no nosso país (nada de Spotify...).

E se quanto a música não há muito mais a dizer, sobre o resto das funcionalidades do relógio basta-nos dizer que a qualidade Garmin está lá em todo o seu esplendor. Durante o teste que realizámos, durante cerca de duas semanas, tivemos oportunidade de testar várias funcionalidades e no geral saímos bastante agradados. E o teste até não começou da melhor forma...

É que, à primeira corrida, sem nos apercebermos, tínhamos o modo UltraTrac ligado, o que fez um percurso de 25 quilómetros transformarem-se em... 32. E este será, talvez, o único ponto negativo da nossa experiência. O UltraTrac é um modo de poupança de energia criado pela Garmin a pensar em quem corre longas distâncias, dando ao corredor uma bateria mais duradoura... mas muito menos precisão na medição das distâncias, dos ritmos, etc. Isto porque o UltraTrac não regista os pontos de forma regular, mas sim de minuto em minuto, calculando a distância e ritmo com base no acelerómetro. E isto faz com que o resultado dificilmente seja o real. A Garmin aconselha que este modo apenas seja utilizado após várias corridas feitas em forma normal, de modo a calibrar o relógio, mas adverte que a utilização deste recurso apenas deve ser feita em atividades nas quais o importante seja a duração bateria e não o registo fiável das marcas. Percebemos a lógica, mas...

Depois de apontarmos o que não correu tão bem, prossigamos para o que correu bem. Tudo o resto (isto depois de termos mudado as configurações para GPS + GLONASS). Utilizámos o Garmin apenas em corrida, em treinos de rodagem, em treinos curtos e num treino longo, no qual fizemos uso do Livetrack. Se nos dois primeiros não havia nada que enganar, no último decidimos dar uso a muitos recursos de uma vez só.

Para começar, com ajuda do Garmin Connect, desenhámos um percurso pela capital e, de seguida, importámos o mesmo para o relógio. Tudo muito prático, dando-nos logo os registos de altimetria, desnível, etc. Depois, de forma muito simples, configurámos o Livetrack e partilhámos o link com quem quis seguir a nossa aventura pela capital e, tirando uma pequena falha - provocada pelo telemóvel - o registo foi praticamente perfeito. Sempre ativo, atualizado de forma regular. Em relação à forma como o percurso nos era apresentado no visor do relógio, a simplicidade e eficácia são os pontos a destacar.

Todos os registos no pulso

Se gosta de saber tudo sobre o seu treino e sobre a sua condição física, e está habituado àquilo que a Garmin normalmente oferece, este Forerunner 645 Music não desilude. Durante o treino, no pulso pode controlar as métricas mais variadas, como o ritmo médio da volta (normalmente por volta entende-se por quilómetro), o ritmo cardíaco (vem com sensor cardíaco integrado) ou o V02Max (capacidade máxima do corpo de um indivíduo em transportar e metabolizar oxigénio durante um exercício físico). Estas duas últimas possibilidades são importantes para quem treina com base na resposta cardíaca, um recurso cada vez mais utilizado pelos corredores.
























Neste aspeto, o Forerunner 645 Music mantém os já habituais calculadores de período de descanso, assim como as previsões de tempos de corrida (desde os 5k até à maratona), para lá do V02Max. Pode igualmente, depois de completar as suas atividades, consultar as medições biomecânicas, como cadência, comprimento da passada, tempo em contacto com o solo e equilíbrio, oscilação vertical ou taxa vertical. E isto falando na corrida, pois com este relógio pode igualmente saber os mais variados dados relativos aos seus treinos debaixo de água (apenas em piscina interior), como distância, ritmo ou número de braçadas.

Sincronizando com o telemóvel, neste Garmin pode também receber alertas de mensagens (tanto das escritas, como de aplicações de mensagens, como o WhatsApp), de emails e também de chamadas. Pode igualmente controlar o seu calendário (para não se esquecer daquela reunião super importante!), como também saber a previsão meteorológica para as próximas horas e dias.

Multidesportos

Conforme dissemos, este Forerunner não é apenas voltado para quem corre. Com ele também pode registar as suas atividades dos mais diversos desportos, tais como natação (apenas regista em ambiente fechado), elíptica, desportos de remo, treino de força, esqui, snowboard, ioga, etc. Uma versatilidade interessante, para quem gosta de conciliar os exercícios de trabalho cardiovascular com outras atividades.

Peso e bateria

Segundo a Garmin, este Forerunner tem autonomia para 7 dias em modo de smartwatch e para 5 horas em modo GPS com música. Quer isto dizer que, com bateria totalmente carregada, com o 645 Music poderá, dependendo do seu ritmo - claro! -, fazer uma maratona na íntegra sempre com banda sonora personalizada. Não nos parece nada mal... De resto, há um outro ponto positivo neste relógio: a rapidez com que a bateria é carregada.

Quanto ao peso, este relógio pesa 42,2 gramas e, em comparação com a maior parte dos Garmin multidesportos, tem a vantagem de ser ligeiramente mais pequeno.

Um relógio de desporto cheio de classe

Um dos aspetos que distingue este relógio dos demais acaba por ser o seu ar sóbrio, passando totalmente despercebido, quase como se de um simples relógio se tratasse. Utilizável tanto em ambientes extremos de treino, como em momentos mais formais, este Forerunner 645 Music é do mais versátil que poderá encontrar. De resto, temos à nossa escolha seis tipos de ecrãs iniciais, o que nos permite ter um aspeto diferente no nosso relógio quase todos os dias.

Para mais, com o Garmin Chroma Display, o visor é de fácil leitura, mesmo estando sob luz solar direta. Ainda falando no visor, o Corning Gorilla Glass torna-o extremamente resistente.

O que vem na caixa

Na caixa que nos foi fornecida no equipamento de teste, tal como naquela que é colocada à venda, temos o Forerunner 645 Music, o cabo de carregamento e ainda documentação relativa ao relógio.

A aplicação móvel

A finalizar, e como queremos sempre estar ligados ao Mundo, saiba que a aplicação móvel da Garmin é do mais completo que encontrará. Aqui pode encontrar as mais diversas informações complementares do seu dia a dia - seja a nível de saúde (sono, peso, calorias, stress...), assim como em relação ao desempenho (vo2 máximo, limite de lactato, estado do treino) - para lá de dados bastante importantes relativos aos seus treinos, tais como a cadência de passada, frequência cardíaca, a elevação do percurso, etc.




Se pretender divulgar a sua prova ou evento de 'running', envie-nos todas as informações para
: recordptrunning@gmail.com

Acompanhe todas as novidades da Liga Allianz Running by Record

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Equipamento

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.