Semana #16: e chegou o grande dia...

Jornalista Record cumpriu mais uma semana rumo à Maratona de Nova Iorque. A última...

E chegou o grande dia. O dia para o qual trabalhei nos último quatro meses. O dia para o qual mais 50 mil corredores trabalharam, com a esperança de viverem uma experiência para mais tarde recordar na maratona dos sonhos. Nova Iorque será tudo isso para eles e, acreditem, também o será para mim. Não sei o que sairá do grande dia (nunca sabemos!), mas sei que tudo fiz para que o dia 3 de novembro resulte numa aventura memorável, se possível com um novo recorde pessoal na maratona. Foi para isso que trabalhei, é para isso que me apresentarei à partida. Se não der... pelo menos vou desfrutar da prova. Isso vou, sim ou sim!

A preparação não foi fácil, mas arrisco dizer que terá sido a minha preparação mais bem sucedida nisto das maratonas. Orientado pelo grande Ricardo Ribas, sabia que o rumo que estava a seguir era o correto, mesmo que a princípio achasse que "era carga a mais" Não era... Ao todo, desde aquele 15 de julho, foram mais de 90 treinos, quase 1400 quilómetros (a uma média de 15 por cada um dos treinos), mais de 114 horas a correr... Para terem noção destes números, foram quase cinco (!) dias inteiros a correr!

Pelo meio de todos estes treinos, mesmo sabendo que não é uma fórmula comum ou recomendável, fiz outras duas maratonas, em Moscovo e em Lyon, tendo nesta última até conseguido um novo recorde na distância. Um sinal claramente positivo para aquilo que virá no domingo. Tenho a perfeita noção de que ter feito duas maratonas antes desta me terá desgastado e me fará eventualmente perder alguns minutos no resultado final, mas aquilo que me move neste momento é o meu desafio de atingir as 40 maratonas até aos 40 anos. É esse o meu foco, por mais que tenha o desejo de ser (um pouco mais) rápido.

E, na verdade, sei que me tornei mais rápido ao longo destes quatro meses. Os treinos foram sendo feitos, foram encaixados pelo corpo e a evolução foi notória. Sei que poderia ter sido muito melhor se tivesse conseguido o descanso ideal (terei feito uma média abaixo das cinco horas de sono nesta preparação), mas é o que há. Tenho de trabalhar para viver esta paixão, tenho de viver para manter esta paixão. E, no final de contas, não me arrependo minimamente de ter iniciado esta jornada, por mais sacrifícios que tenham sido necessários para a concluir. O prémio final, a experiência de correr em Nova Iorque e a medalha após cruzar a meta, valem por tudo isso!

Elementos essenciais

Ao longo destes quatro meses tenho muito agradecer às minhas queridas perninhas por me terem deixado ficar bem durante praticamente todos os treinos, mas nada disso seria possível sem o trabalho exemplar de quem me acompanha há já alguns meses. Desde o meu massagista (Tiago Silva), que todas as semanas me dá tareias salvadoras, até à personal treinar (Susana Santos), que me ajudou imenso a fortalecer e a melhorar a técnica de corrida, passando por toda a equipa da Mais Nutrição, que me ajudou imenso nestes últimos dois meses a equilibrar a minha alimentação. Foram todos decisivos para que chegasse a este dia na melhor forma possível.

Mas o mais importante de todos foi aquele que me guiou para o caminho certo, mesmo que para isso tenha sido obrigado a mil e uma adaptações para conseguir encaixar treinos e maratonas. O grande Ricardo Ribas. Trabalhamos juntos há onze mese e os números da minha evolução atestam bem o seu conhecimento, mas também mostram o efeito psicológico que tem trabalhares com um treinador e personalidade deste calibre. Acaba por ser uma responsabilidade extra e uma motivação para te superares.

A fechar, não me podia esquecer de todos os outros. Aos que vão correr aqui em Nova Iorque comigo e a todos aqueles que amanhã também se desafiarão na Maratona do Porto. Estamos todos a torcer uns pelos outros, mesmo que haja aqui um oceano a separar-nos...

Muita força, malta! E nunca se esqueçam, desfrutem da maratona!

PS: Se quiserem seguir-me em tempo real, já sabem, é adicionar o dorsal que está na foto acima aos vossos favoritos. Prometo não demorar muito...

Os totais da preparação
1389 quilómetros
115:25 horas
95 treinos (14,6 de média por treino)

A décima sexta semana em números
» 50,4 km
» 4:14 horas
» 5'03 de ritmo médio
» 5 treinos de corrida e 1 treino de ginásio

Os meus treinos no Strava
28/10: Calmo
29/10: Progressivo
30/10: Séries longas
01/11: Calmo
02/11: Calmo
03/11: PROVAAAAAA!

Dica #17: desfrutem, vibrem, sintam a magia da maratona
(Recorda a dica #1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10, #11, #12, #13, #14, #15, #16)

A maratona só vale a pena se for vivida com paixão, se for desfrutada, se derem pelo menos um hi5 por cada quilómetro de prova. Sim, é um enorme desafio físico, mas tudo pode ser tão diferente se soubermos levá-la também como uma festa, como uma forma de diversão... Sei que depois da barreira dos 30 quilómetros poderemos eventualmente não ser capazes de soltar aquele sorriso para a foto ou para quem está na berma da estrada a apoiar-nos, mas acreditem que o pensamento positivo pode ajudar bastante a superar certas situações. E depois há a adrenalina... Ouvir aquele "go, Fábio!" ou um "you're almost there!" quando passamos mal por vezes é bem mais valioso do que um gel. E se soubermos 'manipular' o público, aí ainda melhor!

Importa é chegarmos ao final de sorriso no rosto, com a sensação de dever cumprido e também de que soubemos viver a prova na sua plenitude. A maratona é um enorme bicho, é certo, mas nós temos tudo nas nossas mãos a tornarmos num verdadeiro 'doce' :)

Segue a minha aventura em:

Instagram
Facebook
Wordpress

Tens alguma questão ou curiosidade sobre a minha preparação? Contacta-me através de fabior46@gmail.com

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rumo à Maratona de Nova Iorque

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.