Mónica Jardim: «Vamos despedir-nos de 2022 da melhor forma!»

Apresentadora aceitou o desafio de Record e vai correr a São Silvestre El Corte Inglés

Cara bem conhecida da televisão portuguesa, Mónica Jardim é também uma apaixonada da atividade física e da corrida em particular. Correr é algo que faz parte do seu dia a dia (treina entre 4 a 5 vezes por semana) e é sem hesitar que aceita o desafio lançado por Record para participar na São Silvestre El Corte Inglés, no último dia do ano. "Vamos despedir-nos de 2022 da melhor forma!", atira a apresentadora, de 46 anos, para quem correr 10 quilómetros é mesmo a distância ideal.

Apesar de ter muitas corridas no seu currículo, confessa nunca ter sentido a tentação de se lançar a outras aventuras no que a quilómetros diz respeito, muito por culpa pela perceção de que seria necessário um treino específico para as fazer. "Para mim a corrida tem de ser prazerosa e não o contrário", confessa. Por isso, os 10 quilómetros da 'nossa' São Silvestre são mesmo a escolha certeira, até por trazerem para a capital da tradição de fechar o ano a correr.

"É maravilhoso sentir a paixão pela corrida de milhares de corredores no último dia do ano. Viver o clima de festa pelas ruas de Lisboa, mas sobretudo o carinho e apoio do público que torce por nós e que nos dá aquele empurrão sem mão, fundamental nos últimos quilómetros", explica a apresentadora, que curiosamente fez pela primeira vez 10 quilómetros numa corrida de São Silvestre em 2011. Onze anos depois, os 10 quilómetros voltarão a estar no seu horizonte, agora no último dia do ano, numa São Silvestre El Corte Inglés que promete ser para mais tarde recordar. O convite ficou lançado e foi aceite. E o leitor, do que está à espera? As inscrições já estão abertas!

Sempre ligada ao desporto

Aos 46 anos, Mónica Jardim mantém um físico bem cuidado e uma das razões para isso mesmo é a sua ligação desde sempre ao desporto. Além da corrida, que faz parte do seu dia a dia entre quatro a cinco vezes por semana, a apresentadora complementa também com o trabalho de ginásio "para fortalecer a massa muscular". O começo desta paixão, recorda, deu-se há 11 anos. "Primeiro corria entre 3 a 5 quilómetros, até que fui ganhando resistência e rapidamente passei a fazer entre 8 a 10". "Gosto de praticar atividades que puxem pela minha resistência e gosto de desafiar-me.  Além dos benefícios físicos e mentais, eleva a nossa autoestima e promove bem-estar e felicidade. Praticar desporto, ter uma alimentação saudável e ser feliz são as principais premissas para obter o meu equilíbrio interior", explica.
Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de São Silvestre El Corte Inglés

Notícias