Augusto Baganha e João Paulo Rebelo vão ser ouvidos em Comissão Parlamentar

Audições aprovadas por unanimidade

• Foto: Pedro Ferreira
PUB

A Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto da Assembleia da República aprovou esta quarta-feira, por unanimidade, as audições do ex-presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) Augusto Baganha, e do Secretário de Estado, João Paulo Rebelo.

A comissão parlamentar esteve reunida esta quarta-feira e começou por votar o requerimento apresentado pelo PSD para ouvir o ex-líder do IPDJ, após o seu afastamento no início deste mês e consequente substituição pelo antigo colega Vítor Pataco, na sequência de um processo que levou à interdição do Estádio da Luz por um jogo.

"Com o entendimento das informações que vieram a público, houve unanimidade da Comissão para ouvir o presidente cessante do IPDJ. Foi invocada urgência na audição e esperamos que ela aconteça na próxima semana, dependendo da disponibilidade de Augusto Baganha", afirmou à agência Lusa o deputado social democrata José Carlos Barros.

O coordenador do PSD para esta área na comissão esclareceu também que surgiu um requerimento oral da parte do PCP para ser ouvido o Secretário de Estado do Desporto e Juventude, João Paulo Rebelo, e que o mesmo foi aprovado por unanimidade.

A audição do governante deverá ter lugar apenas depois de a Comissão ouvir as explicações do anterior responsável do IPDJ.

Augusto Baganha esteve sete anos na liderança do IPDJ e a sua saída aconteceu a cerca de um ano de terminar o mandato, com a Secretaria de Estado do Desporto e Juventude a escolher Vítor Pataco para o cargo. A substituição gerou polémica, tendo Augusto Baganha criticado o sucessor, acusando-o de reter o processo sobre o alegado apoio do Benfica aos grupos organizados de adeptos não legalizados durante nove meses.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
PUB