Leixões-Varzim, 0-1: Stanley dá triunfo aos forasteiros

Turma de Matosinhos soma nova derrota na Segunda Liga

• Foto: Simão Filho
PUB

O Varzim estreou-se este domingo a vencer na Segunda Liga após derrotar o Leixões por 1-0, em partida da segunda jornada da prova, disputada em Matosinhos, enquanto a equipa local somou a segunda derrota consecutiva.

No duelo entre equipas derrotadas na ronda inaugural, a formação visitante surgiu mais pragmática em campo, jogando no erro no adversário para tentar chegar ao golo, que conseguiu aos 36 minutos, quando Stanley, de cabeça, inaugurou o marcador, após cruzamento de Mário Sérgio.

Tendo assente o desempenho na época 2017/18 pelo sucesso dos jogos em casa, o Leixões viu-se a perder no seu estádio na estreia e a verdade é que a resposta demorou muito a aparecer.

Recém-entrado, Pedro Henrique (72) atirou de fora da área, fazendo a bola passar junto ao poste direito da baliza poveira, antes de o oportunismo de Stanley (79) levar a bola à trave.

No minuto seguinte Bura, de cabeça, ficou perto do empate, mas a bola saiu sobre o travessão, respondendo Ruan Teles (83), num remate que a agilidade de Tony desviou para canto.

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Leixões - Varzim, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcador:

0-1, Stanley, 36 minutos.

Equipas:

- Leixões: Tony, Jorge Silva, Matheus Costa, Bura, Derick, Amine (Lawrence, 60), Luís Silva, Breitner (Chico Banza, 46), Evandro Brandão, Erivaldo (Pedro Henrique, 60) e Kukula.

(Suplentes: Fábio Matos, Pedro Henrique, Zeka, Anthony, Bernardo, Lawrence e Chico Banza).

Treinador: Filipe Gouveia.

- Varzim: Paulo Vítor, Mário Sérgio, Nélson Agra, Jeferson, Rui Coentrão, Estrela, Nelsinho, Ruan Teles, Chérif (Ruster, 70), Haman (Baba, 84) e Stanley (Charalambous, 90+1).

(Suplentes: Emanuel, Sandro, Joca, Baba, Charalambous, Payne e Ruster).

Treinador: Nuno Capucho.

Árbitro: João Pinheiro (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Jeferson (65), Jorge Silva (69), Rui Coentrão (75) e Nelsinho (89).

Assistência: cerca de 1.000 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
PUB