Boxeur britânico segue plano à risca para nada falhar

• Foto: Action Images
PUB

Sábado é dia de combate grande no Reino Unido, com Anthony Joshua a defrontar Joseph Parker pelo título de pesos-pesados da WBA e IBF. Será a terceira vez no espaço de menos de um ano em que o britânico joga o seu cinturão, num combate onde vai colocar à prova ainda o seu registo perfeito, de 20 vitórias em outros tantos combates. Com tantas variáveis em jogo, Joshua não descura nenhum pormenor, muito menos a alimentação, um ponto fundamental para atingir o sucesso desportivo (e tantas vezes negligenciado).

Ora, de olho nesse combate, a 'BBC' revelou esta sexta-feira aquilo que habitualmente o lutador inclui na sua dieta, segundo contou o nutricionista Mark Ellison, um dos homens de confiança do boxeur de 28 anos. Mas, então, o que é preciso comer para se ser um campeão como Anthony Joshua?

"Em dias pesados, aumentamos a ingestão de hidratos de carbono. Podemos adicionar também algumas sobremesas, como por exemplo merengue com alguma fruta fresca. Os merengues são muito bons, pois são ricas em hidratos, têm um pouco de proteína e acabam por ser baixos em gordura. Ele é brilhante e não precisa de muito para alinhar na nutrição. A única coisa que ele sente dificuldade é em relação aos banhos de gelo e também a nível de descanso. Por isso controlamos o seu sono, assim como o seu humor e dores musculares, de modo a fazer alguns ajustes", explicou Mark Ellison, que à BBC revelou, passo a passo, aquilo que Joshua ingere.

Ponto importante: os dias pesados são de 5000 calorias; os 'leves' são de apenas 3000. De resto, refira-se que Anthony Joshua tem 1,98 metros e pesa 110 quilos.

Pequeno almoço: smoothie, omelete com claras de ovo, salmão fumado, abacate e uma tosta de pão sem glúten

Antes do treino: gel ou bebida energética antes de treinar, mais uma dose de cafeína, se necessário 

Recuperação pós-treino: batido de proteína e hidratos de carbono

Almoço: Peito de frango assado com esparguete de soja, legumes cozidos no vapor, pimentão amarelo assado e molho de tomate

Snack pré-treino: frango marroquino com arroz e 'kale'

Jantar: Bife marinado com mustarda, acompanhado de repolho e espargos, salada de beterraba e cenoura e batatas yukon grelhadas

Batido: bebida de recuperação à base de hidratos de carbono

Em relação à capacidade do seu atleta, Mark Ellison deixa rasgados elogios: "É um tipo grande. Move-se, treina e faz coisas que outros pesos-pesados não fazem. Por exemplo não costumas ver pesos-pesados a correr 10 quilómetros. Ele tem corpo de sprinter, mas não consegue apenas ser rápido, mas tem igualmente a resistência para fazer 10k a bom ritmo. O volume de treino que ele cumpre surpreende-me e uma coisa vos digo: a forma de ser que vejo em jogadores que ganharam coisas pelo Man. United vejo-a também no AJ. São completamente dedicados."

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
PUB