Hélder Nunes e a recusa de Itália em realizar testes à Covid-19: «Percebo os motivos»

Jogador do Barcelona assumiu susto com casos positivos de Covid-19 na Seleção Nacional

A carregar o vídeo ...
Hóquei em patins: Portugal subiu ao rinque sem italianos e Hélder Nunes falou ao público: «Estamos aqui por vocês»
João Rodrigues, capitão da Seleção Nacional, e Henrique Magalhães foram os jogadores portugueses que testaram positivo à Covid-19, o que acabou por originar o cancelamento do jogo com Itália, para atribuição dos 3º e 4º lugares do Europeu de hóquei em patins. A dupla foi imediatamente sujeita ao obrigatório período de isolamento profiláctico, pelo que coube a Hélder Nunes desempenhar o papel de líder da seleção.

"Acordámos com a triste notícia de dois casos de Covid-19 na seleção e, como manda a lei, sujeitámo-nos todos aos testes. Gostamos de jogar e ganhar dentro de campo, mas ficamos assustados com esta questão de saúde pública, até porque registaram-se mais casos nos bombeiros e em elementos da RTP que iam fazer a transmissão do jogo", comentou Hélder Nunes.

O jogador, que atua no Barcelona, garantiu ainda compreender os motivos que levaram a seleção de Itália a não comparecer aos testes obrigatórios. "Todos sabemos qual está a ser o impacto da Covid-19 na economia mundial, bem como sabemos que Itália foi um dos países mais afetados do mundo. Eles decidiram não comparecer aos testes e percebo os motivos que os levam a ter mais receio que todos, até porque não sei como está a saúde pública em Itália, nem o que lhes acontecerá no regresso ao seu país. Isto não é benéfico para o hóquei, mas somos todos humanos. Desta vez calhou ao Henrique e ao João e estamos todos solidários, bem como preocupados em continuar a fazer testes todos os dias para protegermos as nossas famílias ao máximo", afirmou.
Por Pedro Malacó
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas