St. Pierre continua imparável

CARWIN MARCA ENCONTRO COM LESNAR

PUB

Nas cinco categorias de peso da UFC pode-se discutir qual o campeão mais dominante e qual o lutador mais completo, mas em termos de carisma a vitória vai claramente para Georges St. Pierre. No combate principal do UFC 111 o canadiano voltou a mostrar o porquê de ser o campeão do povo, presenteando a assistência com uma exibição simplesmente sublime. Tão completo é o domínio de GSP na categoria de meios-pesados da UFC, que qualquer adversário é quase automaticamente considerado um caso perdido. Desta vez foi o inglês Dan Hardy a subir ao octógono para enfrentar St. Pierre, e novamente confirmaram-se os prognósticos de uma vitória fácil para o canadiano. Ao longo de 25 minutos de combate foi sempre GSP a ter a iniciativa, conseguindo vários takedowns e estando inclusive muito próximo de conseguir a vitória por submissão no primeiro a quarto assaltos. O facto de Hardy ter conseguido resistir até final prova que estamos diante de um lutador com muita coragem, mas em abono da verdade cedo ficou claro que o inglês não estava à altura de St. Pierre. E se numa luta que termina por KO logo no início se pode especular o que teria acontecido se o golpe vencedor tem falhado o alvo, já numa prestação como a de GSP não restam quaisquer dúvidas de que o desfecho final só poderia ser um. Fala-se na possibilidade de Georges St. Pierre poder subir à categoria de pesos médios para enfrentar Anderson Silva, naquilo que seria um combate verdadeiramente apaixonante, contudo Dana White não parece muito interessado em ter um dos seus campeões invencíveis a ter necessariamente de averbar uma derrota, pelo que é possível que vejamos Fedor na UFC antes de GSP enfrentar Anderson Silva. Vejamos então qual será o próximo oponente de St. Pierre. O outro combate principal da noite colocou frente a frente Shane Carwin e Frank Mir. Carwin tinha vencido todos os seus 11 adversários no primeiro assalto, todavia o favoritismo ia claramente para Frank Mir, o ex-campeão da UFC obcecado em vingar o espancamento sofrido às mãos de Brock Lesnar. Se esta fixação com Lesnar significa que Mir não encarou Carwin com seriedade não podemos saber, mas o certo é que o atleta de Las Vegas terá de esperar mais algum tempo até poder ter a sua desforra. Iniciada a contenda, Carwin encostou Mir à jaula e foi-o castigando com golpes curtos ao rosto e joelhadas nas pernas. O árbitro ainda interrompeu o combate e mandou ambos os lutadores retomar a acção no centro do octógono, mas em breve Carwin tinha outra vez Mir encostado à vedação. Subitamente, e quando se poderia pensar que a posição não era perigosa e que o combate voltaria a ser reiniciado, Carwin desferiu uma série de uppercuts de esquerda que fizeram tombar Mir. Este ainda se tentou defender como pôde, mas pouco ou nada havia já a fazer face ao ground and pound que se abatia sobre ele, e em poucos segundos Mir ficou completamente KO. No final da entrevista com Carwin, Brock Lesnar subiu ao ringue para cumprimentar o vencedor e dizer-lhe que o cinto de campeão interino que tinha conquistado era um cinto de brincadeira, e que era ele que tinha o cinto a sério. Carwin não se deixou perturbar e respondeu que concordava plenamente com Lesnar e que justamente por essa razão é que o iria enfrentar para conquistar o cinto de campeão "a sério". Fala-se que este combate poderá ter lugar em Julho. Lista completa de resultados do UFC 111:Georges St. Pierre venceu Dan Hardy por decisão unânime.Shane Carwin venceu Frank Mir por KO (3:48 do primeiro assalto).Kurt Pellegrino venceu Fabrício Camões por submissão (4:20 do segundo assalto).Jon Fitch venceu Ben Saunders por decisão unânime.Jim Miller venceu Mark Bocek por decisão unânime.Nate Diaz venceu Rory Markham por TKO (2:47 do primeiro assalto).Ricardo Almeida venceu Matt Brown por submissão (3:30 do segundo assalto).Rousimar Palhares venceu Tomasz Drwal por submissão (0:45 do primeiro assalto).Jared Hamman venceu Rodney Wallace por decisão unânime.Matt Riddle venceu Greg Soto por desqualificação (1:30 do terceiro assalto). Continuem atentos ao Record Online, e lembrem-se que dispõem do endereço mmanorecord@gmail.com  para as vossas perguntas, críticas ou sugestões. Até breve!

Deixe o seu comentário
PUB