Diretor da Mercedes defende Lewis Hamilton: «Não fez nada de errado em relação às regras»

James Allison aborda incidente com Max Verstappen no GP da Grã-Bretanha

A carregar o vídeo ...
O acidente que tirou Verstappen do GP da Grã-Bretanha logo à primeira volta

O incidente entre Lewis Hamilton e Max Verstappen na primeira volta do Grande Prémio da Grã-Bretanha continua a dar que falar nos bastidores da Fórmula 1. Esta quarta-feira, o diretor-técnico da Mercedes, James Allison, saiu em defesa do britânico e considerou que Hamilton não fez nada de errado que pudesse provocar o despiste de Verstappen.

"Naquilo que nos diz respeito, podemos dizer que a manobra que o Lewis fez estava absolutamente de acordo com o guia de ultrapassagens da FIA. Se estás a ultrapassar por dentro da curva, a orientação exige que estejas substancialmente ao lado, não é necessário que estejas à frente. E o Lewis definitivamente estava ao lado", afirmou James Allison, citado pela agência Reuters, com o responsável da Mercedes a defender que a penalização a Hamilton foi injusta. 

"Senti que foi duro receber aquela penalização. É uma questão de analisar quais são as regras para fazer ultrapassagens e não vi que o Lewis tenha feito nada de errado em relação a essas regras", justificou. Recorde-se que Lewis Hamilton foi penalizado em 10 segundos e ainda 2 pontos na sua licença de piloto, mas o britânico acabou por vencer a corrida realizada em Silverstone e reduziu o atraso para Mas Verstappen, líder do Mundial.  

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.