1.º de Agosto derrota Interclube e trava líder

Militares bateram os polícias por 1-0

PUB

Os militares do 1.º de Agosto, de Luanda, venceram este domingo no terreno dos policias do Interclube, por 1-0, no jogo grande da 13.ª jornada do principal campeonato angolano, aproximando-se dos líderes do Girabola.

Com este resultado, a equipa da casa, do treinador português Paulo Torres, tem a liderança do Girabola ameaçada, sabendo que na próxima ronda enfrenta novo dérbi de Luanda, agora na casa do Petro de Luanda, outro eterno candidato ao título angolano.

A jornada também não correu da melhor forma para o português Sérgio Traguil, treinador do Kabuscorp do Palanca, que hoje empatou, 1-1, na viagem a Benguela, contra os locais do 1.º de Maio.

Ainda no domingo acabaram sem golos as partidas no Huambo, entre o Recreativo da Caála e o Domant FC do Bengo, e em Luanda, entre o Progresso do Sambizanga e o Sporting de Cabinda, enquanto a receção do Cuando Cubango FC ao JGM do Huambo não chegou a ser agendada, face à desistência dos visitantes desta edição do Girabola, alegando dificuldades financeiras.

Esta 13.ª ronda arrancou no sábado, com o Recreativo do Libolo a conseguir vencer no Dundo, na Lunda Norte, os diamantíferos do Sagrada Esperança, por 2-1.

Esta ronda só termina na segunda-feira à tarde, com o Bravos do Maquis a receber, no Moxico, a sensação Académico do Lobito, enquanto no Lubango, sul de Angola, o Desportivo da Huíla testa a candidatura do Petro de Luanda ao título do Girabola de 2018.

Resultados da 13.ª jornada:

- Sábado, 28 abr:

Sagrada Esperança - Recreativo do Libolo, 1-2.

- Domingo, 29 abr:

Recreativo da Caála - Domant FC do Bengo, 0-0.
Cuando Cubango FC - JGM do Huambo. *
1.º de Maio - Kabuscorp do Palanca, 1-1.
Progresso do Sambizanga - Sporting de Cabinda, 0-0.
Interclube - 1.º de Agosto, 0-1.

- Segunda-feira, 30 abr:

Bravos do Maquis - Académico do Lobito.
Desportivo da Huíla - Petro de Luanda.

* - Não foi agendado devido à desistência do JGM do Huambo

Classificação:

1. Interclube, 23 pontos
2. 1.º de Agosto, 21 (menos três jogos).
3. Kabuscorp do Palanca, 19 (menos um jogo).
4. Recreativo do Libolo, 17.
5. Académica do Lobito, 16 (menos um jogo).
6. Desportivo da Huíla, 16 (menos um jogo).
7. Progresso do Sambizanga, 15.
8. Sagrada Esperança, 15.
9. Petro de Luanda, 14 (menos três jogos).
10. Bravos do Maquis, 14 (menos um jogo).
11. 1.º de Maio, 14 (menos um jogo).
12. Sporting de Cabinda 12 (menos dois jogos).
13. Recreativo da Caála, 12.
14. Cuando Cubango FC, 11.
15. Domant do Bengo, 10.
16. JGM do Huambo (desistiu).

Por Lusa
Deixe o seu comentário
PUB