1.º de Agosto vence rival Petro de Luanda e está mais próximo do tri

Razaq e Mário marcaram os golos da vitória

PUB

O 1.º de Agosto venceu este domingo, na capital angolana, o Petro de Luanda por 2-0, dando um importante passo no objetivo de conquistar o tricampeonato de futebol em Angola.

Nesta partida, realizada no estádio 11 de Novembro, arredores da capital, valeram os golos de Razaq e Mário, ainda durante a primeira parte, para a formação dos militares, bicampeã em título, ascender de novo à liderança do Girabola, com cinco jornadas por disputar.

O vice-presidente da direção do Petro de Luanda, Amaral Aleixo, anunciou no final da partida, aos jornalistas, que o clube apresentou uma queixa na Procuradoria-Geral da República contra o Conselho de Arbitragem da Federação Angolana de Futebol, criticando as arbitragens.

Com a derrota dos petrolíferos, os polícias do Interclube, do treinador português Paulo Torres, ficam à espreita do segundo lugar, caso vençam segunda-feira, em casa, o Sporting de Cabinda, no fecho desta ronda.

A jornada 25 do Girabola arrancou no sábado, no Dundo, Lunda Norte, com o Sagrada Esperança a receber e a bater o Kabuscorp do Palanca por 1-0.

Nos jogos deste domingo destaque, na luta pela permanência no Girabola, para as vitórias do Recreativo da Caála, em casa, frente ao 1.º de Maio por 1-0, enquanto o Cuando Cubango venceu igualmente o Académica do Lobito.

Resultados da 25.ª jornada:

- Sábado, 21 jul:

Sagrada Esperança - Kabuscorp do Palanca, 1-0.

- Domingo, 22 jul:

Domant FC do Bengo - Recreativo do Libolo, 2-2.
Petro - 1.º de Agosto, 0-2.
Recreativo da Caála - 1.º de Maio, 1-0.
Cuando Cubango FC - Académica do Lobito, 2-0.
Progresso do Sambizanga - Bravos do Maquis, 0-0.

- Segunda-feira, 23 jul:

Interclube - Sporting de Cabinda.

Classificação:

1. 1.º de Agosto, 43 pontos (menos um jogo).
2. Petro de Luanda, 41.
3. Interclube, 39 (menos um jogo).
4. Desportivo da Huíla, 33.
5. Sagrada Esperança, 32.
6. Sporting de Cabinda, 30 (menos um jogo).
7. Académica do Lobito, 28.
8. Kabuscorp do Palanca, 28.
9. Recreativo do Libolo, 28.
10. Bravos do Maquis, 27.
11. Progresso do Sambizanga, 24.
12. Cuando Cubango FC, 24.
13. Domant FC do Bengo, 21.
14. Recreativo da Caála, 20 (menos um jogo).
15. 1.º de Maio, 18.
16. JGM do Huambo (desistência).

Por Lusa
Deixe o seu comentário
PUB