Los Angeles Rams vão ter dois homens na equipa de chearleaders

Quinton Peron e Napoleon Jinnies vão juntar-se às 38 raparigas que compõem a 'brigada dos pompons'

PUB

Depois das polémicas regras a que as chearleaders de algumas equipas têm de se submeter na NFL, eis que as dançarinas do futebol americano saltam outra vez para a ribalta. Dançarinas não, dançarinos! É que pela primeira vez uma equipa vai ter na sua formação de chearleaders dois homens.

Quinton Peron e Napoleon Jinnies vão juntar-se às 38 raparigas que compõem a 'brigada dos pompons' dos Los Angeles Rams. Ambos são bailarinos e submeteram-se a um teste, que passaram com distinção.

"Os trials foram intensos porque houve muitos ensaios, além de uma longa entrevista. Mas valeu a pena", contou Napoleon Jinnies ao canal de televisão ABC.

A ideia de se candidatarem a um lugar na equipa de chearleaders dos Rams partiu de Quinton Peron. "Estava a ver um jogo de basquetebol dos Lakers e quando entraram as chearleadrs pensei 'por que razão não posso estar ali?' Já fiz coreografias para muitas equipas profissionais, então ' porque não eu?'"

Peron diz que dançou "com o coração" nos trials mas a capitã Emily Leibert garantiu que os dois foram escolhidos não apenas pelo talento. "São inteligentes, eloquentes e estão mais do que qualificados para serem embaixadores da equipa. Mas, acima de tudo, são dançarinos incríveis", garantiu. "Trazem tanta energia... E a exibição deles tem qualquer coisa de magnético porque não se consegue tirar os olhos de cima."

Deixe o seu comentário
PUB