Os heróis do título: Jardel

A preponderância do defesa-central na equipa foi evoluindo ao longo da época e Jardel acabou por se revelar decisivo na reta final do campeonato, ao garantir importantes vitórias para o Benfica. Foi o que se verificou diante do V. Setúbal e do V. Guimarães, ao marcar os golos que valeram os três pontos para a equipa, numa altura em que a luta pelo título estava ao rubro. Contudo, o início de época esteve longe de ser positivo. Um traumatismo no joelho direito afastou-o das três primeiras jornadas do campeonato, mas depois de recuperado, Rui Vitória não teve dúvidas em atribuir-lhe a titularidade. As lesões dos dois colegas de posição, Luisão e Lisandro, tornaram-no o pilar do sector defensivo, nomeadamente quando passou a ter ao lado o jovem Lindelöf. A ausência do capitão passou despercebida e, para tal, muito contribuiu a segurança transmitida por Jardel.

NOTA 4
30 jogos, 6 CA, 0 CV, 3 golos

Assumiu-se como o grande pilar da defesa. Perdeu o colega de posição, o capitão Luisão, mas o setor não se desmoronou com a chegada do jovem Lindelöf, muito fruto da segurança do brasileiro. Além disso, tornou-se decisivo na reta final ao apontar dois golos determinantes nas vitórias frente ao V. Setúbal e V. Guimarães.

Nome: Jardel Nivaldo Vieira
Naturalidade: Florianópolis, Brasil
Idade: 30
Altura e peso: 1,92 m e 88 kg
Títulos no Benfica: 3

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica tricampeão nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.