Os heróis do título: Pizzi

Depois de se ter destacado como médio-ofensivo-interior na última temporada, Pizzi foi reaproveitado por Rui Vitória na posição de extremo. O treinador já conhecia o transmontano dos tempos em que o orientou no Paços de Ferreira e soube tirar dele o melhor proveito naquela posição, tendo o camisola 21 sido muito importante na manobra ofensiva dos encarnados ao longo da época. O ‘tri’ do Benfica é, para ele, um bicampeonato.

A verdade é que o internacional português veio a baixar de forma desde há algumas semanas a esta parte, muito por culpa da série de jogos a que, como muitos outros, foi sujeito. Ainda assim, conseguiu manter sempre a regularidade e afirmar-se como um dos mais importantes elementos da equipa. No total, sete golos na conta pessoal, o que demonstra que, em 2015/16, esteve mais perto da baliza.

NOTA 4
31 jogos, 3 CA, 0 CV, 8 golos

Encostado ao lado direito do ataque, foi um dos jogadores mais utilizados por Rui Vitória ao longo da temporada. Os sete golos que marcou esta temporada, todos na Liga, atestam que o treinador acertou ao colocar o jogador na posição de origem. E nem o regresso de Salvio beliscou a titularidade do camisola 21.

Nome: Luís Miguel Afonso Fernandes
Naturalidade: Bragança
Idade: 26
Altura e peso: 1,79 m e 72 kg
Títulos no Benfica: 3

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica tricampeão nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.