António José Silva: «Uma final é o resultado que procuramos em Tóquio»

Presidente da Federação Portuguesa de Natação traça metas para os Jogos Olímpicos

• Foto: FP Natação

António José Silva, presidente da Federação Portuguesa de Natação, lembra que o feito de Alexandre Yokochi já foi há muito tempo. O objetivo agora passa por garantir nova final.

"Os últimos grandes resultados foram com o Alexandre Yokochi. A partir daí, o melhor que nós obtivemos foi no Rio de Janeiro, em 2016, com o Alexis Santos com duas meias-finais. O nosso grande objetivo é ter pelo menos uma classificação de final nos Jogos Olímpicos de 2020, é o grande resultado que procuramos. Temos nadadores em condições, com experiência, nível competitivo e maturidade para atingir essa meta", conta o dirigente, à frente dos destinos da Federação desde 2013.

A evolução do número de praticantes
A natação em Portugal tem registado um grande crescimento do números de praticantes. António José Silva explica a Record o motivo da acentuada evolução. "O aumento deve-se ao nosso grande desígnio que abraçámos nestes dois mandatos que é pôr Portugal a nadar com talento. E para isso desenvolvemos um programa que é a certificação de escolas de natação a nível nacional que nos permitiu trazer para a esfera da Federação a prática sistemática que se faz a nível local. Seja clube, seja associação pública ou privada. Desde que tenha prática sistemática, com orientação tutorial, nós conseguimos trazer para a esfera da FPN, daí se justifica o aumento. Vamos atingir a barreira dos 100 mil praticantes este ano", conta o dirigente, que se mostra orgulhoso pelo trabalho que tem sido levado a cabo na FPN.

"Avalio de forma muito positiva o estado da natação no nosso país. Nós quando assumimos a Federação, em 2013, os indicadores da prática eram uns e agora são outros. De acordo com os indicadores do IPDJ, estamos em 1º lugar no conjunto das federações com utilidade pública desportiva e, no alto rendimento desportivo, que é outro programa de avaliação, estamos em 2º lugar. É algo de que nos devemos orgulhar. O meu grande objetivo é pôr Portugal a nadar. Com talento e com uma prática sustentada financeira e economicamente para que as gerações vindouras na organização sejam o garante da estabilidade da natação em Portugal", sublinha António José Silva.

Por Rafael Godinho
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fazemos campeões

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.