«Ninguém é invencível»: Julie tinha 16 anos e morreu com coronavírus

Caso da adolescente francesa relatado pela família

"Ela só tinha tosse". Julie tinha 16 anos e morreu com o novo coronavírus em França, tornando-se na vítima mais jovem no país. A mãe, Sabine, garante que a filha apresentava sintomas ligeiros.

Durante uma semana, Julie teve tosse e tomou xaropes para a tentar curar. Com dificuldades respiratórias foi levada para o hospital, onde morreu três dias depois. Não haverá cerimónias fúnebres e o caixão não poderá voltar a ser aberto. "Tivemos que escolher quem estará presente" no cemitério, explicou Manon, a irmã mais velha, citada pela 'Sábado'.

1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0