Rüdiger assume pagamento das refeições dos médicos do hospital onde nasceu

Defesa oferece a sua ajuda por um período de três meses

• Foto: Reuters

Numa altura em que o tema dos cortes salariais tem sido bastante falado na Premier League crescem os exemplos de jogadores de topo que decidem contribuir do seu próprio bolso para ajudar as equipas médicas. Um deles foi o defesa alemão Antonio Rüdiger, que tomou a iniciativa de assumir o pagamento das refeições dos médicos e enfermeiros do hospital Charité, em Berlim, onde nasceu há 27 anos, por um período de três meses.

Para lá deste apoio, o defesa do Chelsea, que tem um salário semanal de 115 mil euros, também contribuiu para o fundo #PlayersTogether, ao qual grande parte dos jogadores da Premier League se associaram para ajudar as equipas médicas britânicas na luta contra o coronavírus.

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Coronavírus

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.