Duarte Lima absolvido do crime de burla a Rosalina Ribeiro

Tribunal considerou que Duarte Lima não recebeu cinco milhões indevidos de Rosalina Ribeiro, de quem era advogado

• Foto: Mariline Alves

O Tribunal Criminal de Lisboa absolveu Duarte Lima do crime de abuso de confiança de que era acusado no processo Rosalina Ribeiro. Duarte Lima era acusado de se ter apropriado indevidamente de cinco milhões de euros, pelo Ministério Público (MP). No entanto, com o decorrer do julgamento, o própiro MP acabou por pedir a absolvição do acusado. 

Para esta decisão, foi essencial o depoimento do afilhado de Rosalina Ribeiro que, depois de ter dito na fase de investigação que a madrinha se queixara do advogado, durante o julgamento afirmou que Rosalina afinal nunca se queixou de nada.

Num comunicado enviado ao jornal Expresso, Lima refere que a decisão do tribunal demonstra, de forma "inequívoca" que está inocente.

A investigação brasileira a cargo deste caso encontrava nos cinco milhões de euros o motivo para o ex-líder parlamentar do PSD ter, alegadamente, assassinado a viúva de Tomé Feteira.

A leitura da sentença estava marcada para 28 de janeiro mas foi antecipada para segunda-feira, 7 de janeiro.

Duarte Lima foi condenado a seis anos de prisão no caso Homeland e apesar de a defesa estar a preparar um último recurso, o ex-político deve estar prestes a ser preso.

Autor: Sábado

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.