EMEL: Câmara de Lisboa pode voltar a não cobrar estacionamento durante o confinamento

Fórmula foi utilizada na primeira vez

EMEL
EMEL

A autarquia de Lisboa está a equacionar voltar a não cobrar estacionamento neste segundo confinamento, repetindo a mesma fórmula de março, adianta o Expresso.

A decisão, adianta o jornal, será tomada nas próximas horas. A Câmara Municipal esteve reunida para adaptar as medidas à nova realidade do confinamento.

Quando país confinou em março deste ano, a autarquia anunciou que o estacionamento que é gerido pela EMEL passaria a ser gratuito enquanto a situação se mantivesse.

Assim, entre 16 de março e 11 de maio, as zonas de estacionamento de duração limitada eram gratuitas, ficando suspensa a fiscalização por parte dos agentes da EMEL.

Uma medida que deverá ser repetida agora, com o início do novo confinamento.

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.