Erwin Tumiri sobreviveu à queda do avião da Chapecoense e agora a um despiste com 21 mortes

Acidente deu-se esta terça-feira, na Bolívia

• Foto: Twitter

Um acidente fatal na Bolívia retirou esta terça-feira a vida a pelo menos 21 pessoas após um autocarro cair num precipício a uma altura de mais de 150 metros.

O despiste deu-se no lugar na província de Chapare, na Cochabamba, com um dos sobreviventes a ser Erwin Tumiri, técnico de aviação que em 2016 sobreviveu ao fatídico acidente do avião onde seguia a equipa brasileira da Chapecoense, que sofreu apenas algumas mazelas nos joelhos e na zona das costas.

Em declarações à imprensa local, Lucía Tumiri revelou que o seu irmão estava bem. "Está estável, graças a Deus, salvou-se mais uma vez. Falei com ele e ele disse-me que estava bem", disse.

Recorde-se que o avião onde seguia a equipa de futebol da Chapecoense caiu a 28 de novembro de 2016, fazendo um total de 71 vítimas mortais e apenas seis sobreviventes, entre elas, Erwin Tumiri.

Por Record
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.