Especialistas reagem à ideia "irresponsável e perigosa" de Trump: «Por favor não bebam nem injetem desinfetante»

Sugestão do líder norte-americano foi feita durante um briefing na Casa Branca

A carregar o vídeo ...
Coronavírus: Donald Trump sugere injeção com desinfetante

O presidente norte-americano Donald Trump sugeriu uma investigação para apurar se a covid-19 poderia ser tratada através da injeção de desinfetante no corpo. "Seria interessante ver isso, vão ter que usar médicos mas parece-me interessante", disse. Vários foram já os alertas para o perigo da sugestão do líder dos Estados Unidos.

As declarações de Trump, durante um briefing na Casa Branca na quinta-feira (23), seguiram-se a uma apresentação de um resultado de uma investigação sobre o possível enfraquecimento do novo coronavírus quando exposto à luz solar e ao calor.

Durante o briefing, Donald Trump começou por sugerir a hipótese de expor os doentes a radiações ultravioleta. "Uma questão que provavelmente estão a pensar (...) que para mim é muito interessante. Então, supondo que usamos no corpo uma tremenda... seja [raios] ultravioleta, só uma luz muito poderosa... supondo que se introduz a luz dentro do corpo, através da pele ou de outra maneira. Penso que disseram que também o iam testar, o que achei interessante", afirmou.

Trump deixa médica embaraçada e atira-se a jornalista: «Sou presidente, e tu fake news»

"Depois vi que o desinfetante iria aniquilar [o vírus] num minuto. Há alguma maneira de podermos fazer algo como isso?", questionou. "Ao injetar, quase como uma limpeza, vai para os pulmões e faz um tremendo número nos pulmões. Seria interessante ver isso, vão ter que usar médicos mas parece-me interessante", concluiu.

Deborah Birx, coordenadora da resposta ao novo coronavírus da Casa Branca, permaneceu em silêncio perante as declarações do presidente.


No entanto, as redes sociais encheram-se de reações à sugestão de Trump, com médicos e especialistas a pedirem que o desinfetante não seja utilizado para tratar a covid-19. 

"Os briefings de Trump estão a colocar em perigo a saúde pública. Oiçam os especialistas. E por favor não bebam desinfetante", escreveu no Twitter Robert Reich, professor na Universidade de Berkeley. 

Também o antigo diretor do Gabinete de Ética do Governo dos EUA fez o mesmo pedido. Através daquela rede social, Walter Shaub escreveu: "Como serviço público, por favor parem de emitir os briefings do coronavírus. Estão a pôr em risco a vida das pessoas. E por favor não bebam nem injetem desinfetante".



Sem se referir diretamente às declarações de Donald Trump, o médico Sam Ghali aconselhou, através do Twitter, a que não seja injetado desinfetante de forma a tentar combater o vírus.


"A ideia de injetar ou ingerir algum tipo de desinfetante é irresponsável e perigosa", disse à NBC News o pneumologista Vin Gupta. "É um método utilizado por quem quer cometer suicídio".

À Bloomberg, o pneumologista norte-americano John Balmes explicou: "inalar lixívia seria absolutamente desastroso para os pulmões. Nem sequer uma fraca diluição desse produto ou de álcool desinfetante seria segura. É um conceito totalmente ridículo".

Antes das declarações de Trump, Bill Bryan apresentou o resultado de uma investigação sobre o enfraquecimento do vírus da covid-19 quando exposto à luz solar e ao calor. 
"A nossa observação mais notável até agora é o poderoso efeito que a luz solar parece ter na morte do vírus, tanto nas superfícies, como no ar", disse o responsável do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos.

"Verificámos um efeito semelhante quer nas temperaturas, quer na humidade. O aumento da temperatura ou da humidade, ou ambas, são geralmente desfavoráveis ao vírus", acrescentou ao apresentar resultados preliminares do estudo.

Também Joe Biden, futuro rival de Donald Trump nas eleições presidenciais norte-americanas de novembro, reagiu no Twitter à sugestão do presidente dos EUA. "Raios UV? Injeções de desinfetante? Aqui vai uma ideia, senhor Presidente: mais testes. Agora. E equipamento de proteção para verdadeiros profissionais de saúde".

Por Sábado
18
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.