Governo não dará parecer negativo se Presidente declarar estado de emergência

António Costa adiantou que a avaliação da situação vai continuar em conjunto com Marcelo Rebelo de Sousa

• Foto: Lusa

O primeiro-ministro disse este domingo que os portugueses têm cumprido as restrições para evitar a disseminação do coronavirus, mas adiantou que se o Presidente da República entender decretar o estado de emergência, o Governo não dará parecer negativo.

"As restrições à circulação têm sido cumpridas pelos portugueses e as forças de segurança têm dito que não têm necessidade, para já, de haver qualquer reforço dos seus poderes de autoridade", disse o primeiro-ministro, António Costa, na residência oficial, em São Bento, Lisboa.

O chefe de Estado adiantou que a avaliação da situação vai continuar em conjunto com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que convocará "brevemente" o Conselho de Estado e que se o chefe de Estado entender decretar o estado de emergência "o Governo não dará parecer negativo".

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.