Medidas serão revistas se índice de transmissibilidade ultrapassar os "120 novos casos por dia por 100 mil habitantes"

Anunciou esta quinta-feira o primeiro-ministro no final do Conselho de Ministros

• Foto: LUSA / EPA

O primeiro-ministro avisou esta quinta-feira que as medidas da reabertura serão revistas sempre que Portugal ultrapassar os "120 novos casos por dia por 100 mil habitantes a 14 dias" ou sempre que o índice de transmissibilidade ultrapasse o 1.

No final do Conselho de Ministros que esteve desde hoje de manhã reunido para aprovar um plano do Governo de desconfinamento do país devido à pandemia de covid-19, António Costa salientou que este processo de reabertura será "gradual e está sujeito sempre a uma reavaliação quinzenal de acordo com a avaliação de risco" adotada.

"Essa avaliação de risco tem por base dois critérios fundamentais consensualizados entre os diferentes especialistas: por um lado, o número de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias e, por por outro lado, a taxa de transmissibilidade, medida através do famoso Rt".

Assim, o chefe de Estado avisou que as medidas terão que ser revistas sempre que Portugal ultrapassar "o número de 120 novos casos por dia por 100 mil habitantes a 14 dias ou sempre que o nível de transmissibilidade ultrapasse o 1".

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias