Morreu João Carreira Bom

JORNALISMO DE LUTO

O MUNDO do jornalismo português ficou ontem mais pobre com o falecimento de João Carreira Bom, vítima de doença súbita. Com 57 anos de idade, Carreira Bom era desde 1990 sócio gerente da JCB Comunicação, uma empresa de serviços de consultoria em comunicação organizacional.

Antes, Carreira Bom teve um longo e rico percurso como jornalista. Iniciou-se na profissão em 1969, no jornal "O Século", passando depois pela ANOP, "Expresso" e revista "Sábado". Deixou o jornalismo efectivo a 31 de Dezembro de 1989, e assinou, entre 1990 e 1997, a coluna "Afectos", no "Expresso"; desde Novembro de 1997 assinava, no "Diário de Notícias", a coluna "Chuva de Pedra". Pelo meio ficam comentários na Rádio France e na Rádio Comercial, e em Record, sendo conhecido, entre os amigos, como um benfiquista moderado, de grande lucidez. Foi também fundador do portal Ciber Dúvidas da Língua Portuguesa.

Nascido a 13 de Maio de 1944 em Vila Nova de São Bento (Serpa), deixa viúva a jornalista Maria José Mauperrin. Dele fica também o livro "Subgente", escrito aos 18 anos. O abandono do jornalismo efectivo e a falta de tempo para se dedicar à escrita foram sempre as suas maiores mágoas.

O funeral realiza-se hoje, saindo às 16 horas da Capela das Furnas para o Cemitério de Benfica. À família enlutada Record endereça as mais sinceras condolências.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias