Pedrógão Grande: Número de feridos sobe para 135

Cinco bombeiros voluntários e dois civis em estado grave

• Foto: Lusa

O incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande causou até ao momento 135 feridos, entre os quais 121 civis, 13 bombeiros e um militar da GNR, revelou à Lusa o presidente do INEM.

Luís Meira indicou que, dos 135 feridos, sete estão em estado grave: cinco bombeiros voluntários e dois civis.

A maior parte dos feridos são ligeiros, tendo 28 necessitado de recorrer ao hospital. Os restantes receberam assistência no local.

O último balanço dava conta de 62 feridos.

Segundo Luís Meira, os psicólogos do INEM, apoiados por profissionais da Cruz Vermelha Portuguesa, autarquias e Proteção Civil, realizaram 354 intervenções.

No local encontram-se 32 elementos do INEM, apoiados por dez viaturas.

O fogo, que deflagrou às 13:43 de sábado, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, alastrou depois aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, e entrou também no distrito de Castelo Branco, pelo concelho da Sertã, tendo provocado pelo menos 62 mortos civis.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.