PJ detém cinco futebolistas e um elemento dos Super Dragões por suspeita de corrupção

No âmbito da operação "Jogo Duplo"

Cinco futebolistas da 2.ª Liga e um elemento dos Super Dragões foram na manhã desta quarta-feira detidos pela Polícia Judiciária sob suspeita de corrupção desportiva, está a avançar o "Correio da Manhã".

Entretanto, a PJ divulgou um comunicado adiantando que esta investigação surge no seguimento da primeira fase da operação 'Jogo duplo', na qual, em maio de 2016, foram detidas 15 pessoas e realizadas 31 buscas.

A investigação decorre há cerca de um ano e tem como objeto o fenómeno da corrupção no desporto como instrumento do 'match fixing' (viciação de resultados) de competições oficiais de futebol.

Na segunda fase da operação 'Jogo Duplo', além dos seis detidos, a PJ efetuou 16 buscas domiciliárias em diversas localidades, nomeadamente Lisboa, Vila Franca de Xira, Ovar, Gaia, Porto, Fátima, Sesimbra, Loures, Santa Maria da Feira, Sanfins e Ermesinde e apreendeu diverso material relacionado com a prática da atividade criminosa.

A nota refere que, durante a investigação, a Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ contou com a colaboração da EUROPOL, de entidades estrangeiras de monitorização de jogos, além da cooperação com a Federação Portuguesa de Futebol.

Os seis detidos serão agora presentes ao primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

Na primeira fase da operação de combate à corrupção no desporto, tornada pública a 14 de maio do ano passado, 15 pessoas, entre os quais alguns futebolistas, foram detidas por suspeita de "manipulação de resultados de jogos da 2.ª Liga de Futebol", com recurso ao aliciamento de jogadores.

Neste processo investigam-se "factos suscetíveis de integrarem crimes de corrupção passiva e ativa na atividade desportiva", envolvendo como suspeitos "dirigentes e jogadores de futebol" e outras com "ligações ao negócio das apostas desportivas", adiantava um comunicado do Ministério Público.

Dos 15 detidos, três ficaram a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.